Image Map
Image Map
Image Map

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

CSA: aniversário leva direção a antecipar viagem para Florianópolis

FOTO: ALISSON FRAZÃO/ASCOM CSA
O CSA vai mais uma vez antecipar viagem para jogo válido pela Série B do Campeonato Brasileiro. Agora, o embarque para Florianópolis - onde o time do Mutange vai encarar o Figueirense, na tarde do próximo sábado - vai acontecer na tarde desta quinta-feira. Tudo porque, no dia seguinte, o clube marujo completa 105 anos de história, razão pela qual a diretoria programou uma série de atividades no CT Gustavo Paiva, entre elas, a inauguração de seu centro médico. 
Quanto ai time, a tarde desta quarta-feira foi marcada por um treino regenerativo envolvendo os jogadores que, nessa terça, estiveram em campo contra o Londrina. Contudo, o treinador Marcelo Cabo já começa a pensar a nova formação do Azulão, que perdeu Celsinho (lateral), Didira e Daniel Costa (meias), todos por suspensão. Para compensar, o meia Jhon Cley está de volta após cumprir suspensão automática também pelo terceiro amarelo.
A lacuna maior está no setor de meio-campo, razão pela qual o volante Dawhan e o meia Echeverría podem iniciar a partida no Sul do país, juntamente com Yuri e Pio. Se isso acontecer, o CSA terá um time mais fortalecido na marcação, já que vai atuar fora de casa e contra equipe que luta para figurar no G4. 
Porém, Cabo pode optar pelo retorno de Jhon Cley ou mesmo escalar Alemão - que viu o substituto Rubens fazer uma grande partida contra o Londrina - um pouco mais recuado.
Já o atacante Neto Berola deve seguir ausente, já que ainda se recupera de lesão, elevando, com isso, as chances de Juan seguir na equipe. Quanto ao substituto de Celsinho, Wellington Silva deve ganhar mais uma oportunidade. O time principal, porém, só deve ser confirmado nesta quinta-feira (06).
O CSA vai enfrentar o Figueirense - que é o 6º colocado, com 38 pontos - às 16h30 deste sábado (08), no Estádio Orlando Scarpelli.
Troféu nas mãos
Os jogos CSA x Londrina tiveram uma disputa particular bancada pelo patrocinador master da Série B-2018. É que em 1980 estes dois clubes decidiram o título da Taça de Prata, que corresponde à segunda divisão do futebol brasileiro. Na época o Londrina se deu melhor. Mas agora, nesta disputa particular, o CSA deu a volta por cima ao vencer as duas partidas da atual temporada. No primeiro confronto, pela 6ª rodada, no dia 19 de maio, no Estádio do Café, o Azulão ganhou por 2x1. E nessa terça-feira (4 de setembro), no Estádio Rei Pelé, pela 25ª rodada, nova vitória azulina, desta vez por 4x1.
Daniel Costa, ao lado do ex-massagista Castanha e dos ex-jogadores Dentinho e Peu, exibe a mais nova taça ganha pelo Azulão na noite dessa terça-feira
FOTO: ASCOM DO CSA


























Por ter sido superior nestes dois jogos, o CSA conquistou a Taça Caixa de Prata. À beira do gramado do Trapichão ex-integrantes da final de 38 anos atrás marcaram presença e, portanto, foram homenageados.

NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário