Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

domingo, 2 de setembro de 2018

Com uma atuação irreconhecível, CSA é goleado pelo Boa Esporte-MG: 3 a 0

Ex-jogador do Azulão, Daniel Cruz fez dois gols e Barbio completou placar de 3x0
Uma noite que não trouxe nada de 'Boa' para o CSA. Jogando de maneira irreconhecível, o time azulino foi goleado por 3 a 0, neste sábado (1º), em Varginha. Daniel Cruz foi autor de dois gols - fazendo valer a lei do ex - e William Barbio completou a goleada.
Apesar de ter mais posse bola e de apresentar um índice de mais acertos na questão de passes, o CSA não teve nenhuma capacidade ofensiva ao longo de toda a partida. Em dez finalizações na partida, apenas duas foram certas.
Com a surpreendente derrota, o CSA estacionou nos 40 pontos e permanece na vice-liderança da competição. Já o Boa chegou aos 21 pontos mas manteve-se na lanterna.

Na rodada cheia da próxima terça-feira (4), o CSA receberá o Londrina, no Estádio Rei Pelé, às 20h30. O Boa Esporte, por sua vez, enfrentará o Coritiba, mais cedo, às 19h15, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba.
Boa Esporte-MG 3x0 CSA
Confira os melhores momentos da partida válida pela 24ª rodada da Série B do Brasileirão
O Jogo
O primeiro lance de perigo em favor do Boa Esporte surgiu aos 16 minutos. Falta de longa distância, Rodrigão chutou forte e Felipe Garcia deu rebote. O zagueiro Matheus Lopes chegou antes do atacante do Boa e colocou para escanteio.
Seis minutos depois, o Boa voltou a incomodar. Thallyson cruzou no segundo pau, Cloves surgiu para cabecear, mas a bola desviou em Celsinho e chegou mais fácil para o goleiro azulino.
Sem encaixar um bom jogo, somente aos 24 minutos, o CSA teve a primeira situação ofensiva. Alemão chutou cruzado, Didira tentou o desvio, mas já estava em posição irregular.
Sem ter uma opção de velocidade, o CSA tinha muita dificuldade na construção do jogo ofensivo e com isso proporcionava ao Boa espaços e perspectivas de finalizações.
Goleada
O 2º tempo começou e a expectativa era do time azulino mudar a postura. Aos seis minutos, ou seja, 53 minutos de jogo, o CSA acertou o primeiro chute no gol. Pio chutou de fora da área e Fabrício defendeu sem muitos problemas.
No lance seguinte, o Boa teve uma falta pelo lado de campo, Rodrigão desviou de cabeça, William Barbio meteu a bola na trave e no rebote, Daniel Cruz colocou nas redes. Seis minutos depois, contra-ataque do Boa, Douglas Baggio cruzou e Daniel Cruz desviou novamente para o gol: Boa 2 a 0.
Três minutos depois, o time mineiro criou uma nova situação ofensiva e após um cruzamento atravessar toda a extensão da área defensiva azulina, William Barbio empurrou para o fundo do gol: Boa 3 a 0.
Sem se encontrar em campo e com uma goleada definida, o CSA esperou apenas o final da partida pois mesmo com as mudanças feitas pelo treinador, o time azulino não conseguiu recuperação dentro do jogo.
Ficha Técnica
Boa Esporte 3  x 0 CSA
Campeonato Brasileiro - Série B - 24ª Rodada
Local: Estádio Dilzon Melo (Varginha-MG)
Árbitro: Daniel Nobre Bins (CBF-RS)
Árbitro Assistente 1: Rafael da Silva Alves (CBF-RS)
Árbitro Assistente 2: Michael Stanislau (CBF-RS)
4º Árbitro: Ronei Candido Alves (CBF-MG)
Cartões Amarelos: Cloves, Bruno Tubarão, Rodrigão (Boa Esporte) Jhon Cley , Didira (CSA)
Gols: Daniel Cruz (Boa Esporte) 7' e 13' e William Barbio (Boa Esporte) 17' do 2º tempo
Equipes:
Boa Esporte: Fabrício, Helder, Rodrigo, Rafael Jensen e Kaio Cristian; Djavan e Cloves (Aldo); Daniel Cruz (Alisson), Bruno Tubarão e Thallyson; Douglas Baggio (William Barbio)
Técnico: Ney da Matta
CSA: Felipe Garcia, Celsinho, Roger, Matheus Lopes e Velicka (Juan); Yuri e Pio; Didira, Daniel Costa (Victor Paraíba) e Jhon Cley; Alemão (Rubens)
Técnico: Marcelo Cabo
NM com  Alberto Oliveira e Isaac Simões

Nenhum comentário:

Postar um comentário