Image Map
Image Map
Image Map

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

CSA pode ter um novo ataque na partida contra o Criciúma

Foto: Divulgação
A "gordura" acabou ao ponto de que nesta próxima rodada o CSA pode deixar o G4 da Série B do Campeonato Brasileiro. Diante disso, o treinador Marcelo Cabo pensa promover mudanças na equipe, particularmente no ataque. O Azulão treina nesta quinta e sexta-feira para jogo contra o Criciúma, às 16h30 deste sábado (25), no Estádio Rei Pelé.
Mesmo derrotado para o Oeste, na terça-feira passada, o Azulão segue na vice-liderança, com 37 pontos. Só que agora passa a ter quatro concorrentes diretos, que podem não só tirá-lo do 2º lugar mas também do grupo das quatro equipes que sobem para a Série A em 2019: Goiás, Avaí, Guarani e Atlético-GO. Os dois primeiros estão com 36, o terceiro com 35 e o quarto com 34 pontos.
No CT Gustavo Paiva especula-se que os atacantes Hugo Cabral e Alemão podem ir para a suplência porque o ataque parou de funcionar. Os seja, fazer gols. A se confirmar, isso abre espaço para a efetivação de Neto Berola e a estreia de Rubens.
O volante Pio, após duas partidas como um dos mais novos azulinos, fala sobre o momento vivido pelo CSA:
- Todos aqui têm consciência de que a competição é muito difícil. Além disso, não sobra tempo para lamentar porque já estamos às vésperas de outra grande batalha que é enfrentar o Criciúma. Espero que o fator casa influencie para o nosso lado. Que a torcida compareça em massa para nos ajudar e assim voltarmos a conquistar três pontos.
Indagado sobre a nova pontuação, Pio disse que a equipe tem que se fixar no seu trabalho:
- A gente não pode pensar nos adversários e sim em jogo após jogo. Temos que dentro de campo procurarmos fazer o melhor.
Nos treinos, Pio ressalta que está procurando aprimorar os chutes de média de longa distância, bem como as cobranças de falta para ajudar o CSA a reencontrar o caminho das vitórias.
CSA x Criciúma, às 16h30 deste sábado, é pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. E a vendagem de ingressos para esta partida prossegue na Loja do Azulão (Antiga Avenida Amélia Rosa/Jatiúca), Poly Sport (Shopping Pátio, Maceió Shopping e Centro) e Arena das Torcidas (Farol). Os preços cobrados são R$ 15 para a arquibancada baixa, R$ 25 para a arquibancada alta, e R$ 100 para as cadeiras.
NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário