Image Map
Image Map
Image Map

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

CRB segura empate sem gols contra Figueirense e deixa o Z4 da Série B

FOTO: ASCOM FIGUEIRENSE
O CRB precisou lutar muito para obter mais um ponto na Série B. Com um jogador expulso no segundo tempo, o Galo foi guerreiro, determinado, e conseguiu segurar o ímpeto do Figueirense, na noite desta terça-feira (31), no Estádio Orlando Scarpelli.
A grande oportunidade da partida foi em favor do CRB, quando o meia Felipe Menezes, dentro da pequena área, chutou por cima, perdendo um gol incrível. O Figueirense ainda reclamou de uma penalidade também no primeiro tempo, quando Diogo Matheus ampliou a área de contato e desviou a bola com a mão, mas o árbitro nada marcou.
Com o ponto somado em Florianópolis, o CRB chegou aos 21 pontos na abertura da rodada e, para permanecer fora da zona de rebaixamento, precisará torcer contra Brasil de Pelotas e Criciúma, que entram em campo no final de semana. O Tigre precisa ser derrotado pelo Sampaio, em São Luis, enquanto o Brasil  terá pela frente o Goiás, com o torcedor regatiano já "secando" o time gaúcho. Já o Figueirense chegou aos 29 pontos e, ao menos por enquanto, ocupa a terceira posição.
Agora, os times vão disputar os jogos do returno da Série B, com o CRB "estreando" em casa, contra o Oeste, às 16h30 do próximo sábado, no Rei Pelé. Já o Figueirense iniciará sua caminhada em Caxias do Sul, contra o Juventude, no sábado, 11, às 19h.
O jogo
Desde o começo do jogo, ficou claro que as duas equipes iriam buscar a posse de bola. Os times até acertavam o passe, mas sem produtividade. Eram passes laterais, sem objetividade, e a partida, com isso, ficou muito lenta.
Observado por Conceição, expulso no segundo tempo, Henan teve várias chances na partida
FOTO: ASCOM FIGUEIRENSE











Somente aos 15 minutos é que surgiu o primeiro lance de perigo. Tinga arrastou a marcação e abriu o lance para Diogo Matheus, que foi ao fundo e cruzou. Rafael Costa dividiu a bola, mas todos furaram dentro da pequena área, e a redonda sobrou sozinha para Felipe Menezes. Ele bateu firme, mas alto. A bola subiu e o CRB perdeu um gol feito.
Cinco minutos depois, o Figueirense reclamou uma penalidade cometida pelo lateral Diogo Matheus. O lance seguiu e Renan Mota chutou cruzado, no poste baixo, e João Carlos fez a defesa.
O time catarinense seguia criando mais, e chegou novamente com Henan finalizando para a defesa do goleiro João Carlos. Porém, o jogo seguiu até os 46 minutos sem nada de mais importante.
Figueirense-SC 0x0 CRB (Série B 2018)
Confira os melhores momentos da partida no Orlando Scarpelli
Já no tempo final, a partida começou com um pouco mais de velocidade, mas os atacantes seguiam sem efetividade. Aos 23 minutos, Juninho, que havia entrado em campo dois minutos antes, arrancou e só foi parado com um carrinho de Anderson Conceição, que, pela falta, acabou sendo expulso.
Com um a mais, o Figueira passou a pressionar mais um pouco. Aos 31, o time catarinense por muito pouco não abriu o marcador. A bola foi invertida de um lado para o outro e, pela esquerda, sobrou para Matheus Ribeiro, que chutou com muita força, mas para fora.
Já aos 43, Henan recebeu bom passe de Jorge Henrique. Rafael Carioca não conseguiu o corte e o atacante do Figueira chutou forte, por cima. No lance seguinte, Henan teve nova possibilidade de marcar e chutou fraco, facilitando a defesa de João Carlos.
Ficha Técnica
Figueirense 0 x 0 CRB / Série B - 19ª Rodada
  • Árbitro: Andrey da Silva E Silva (CBF-PA)
  • Árbitro Assistente 1: Marcio Gleidson Correia Dias (CBF-PA)
  • Árbitro Asssistente 2: José Ricardo Guimarães (CBF-PA)
  • 4º Árbitro: Richard Wernwer Floter (CBF-SC)
  • Renda: R$ 69.908,00    
  • Público: 3.341 torcedores
  • Cartões Amarelos: Lucas Siqueira (CRB)
  • Expulsões: Anderson Conceição (Figueirense)
Figueirense: Denis, Diego Renan, Henrique Trevisan, Eduardo e Matheus Ribeiro; Zé Antônio, Matheus Salles e Jorge Henrique; Maikon Leite(Juninho), Renan Mota (Victor Cédron) e Henan. Técnico: Milton Cruz
CRB: João Carlos, Diogo Matheus, Everton Sena, Anderson Conceição e Rafael Carioca; Claudinei; Lucas Siqueira, Tinga, Felipe Menezes (Flavio Boaventura) ,Willians Santana e Rafael Costa( Neto Baiano) Técnico: Doriva
NM com Alberto Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário