Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

terça-feira, 10 de julho de 2018

CENTRAL DA COPA: França derrota a Bélgica e volta para uma decisão de Copa do Mundo após 12 anos

AFP
Rússia - A França é a primeira finalista da Copa da Rússia. O gol de Umtiti garantiu a vitória de 1 a 0 sobre a Bélgica, nesta terça-feira, no Estádio Zenit. Campeão em 1998, na França, na final com o Brasil, Didier Deschamps tem a chance de igualar Zagallo e Beckenbauer, vencedores como jogadores e técnicos, na decisão de domingo, às 12h, em Lujnick. À espera de Inglaterra ou Croácia, os Azuis celebram a volta à final após 12 anos.

Quem esperava um grande clássico na primeira semifinal não se decepcionou. Com a presença do rei Filipe e da rainha Matilde nas tribunas, a Bélgica começou melhor, apostando na troca de posições e movimentação de Fellaini, Hazard e De Bruyne, que tanto confundiram a marcação do Brasil nas quartas de final. Na melhor chance, Lloris fez uma espetacular defesa no chute de Alderweireld. Em outra oportunidade, Varane desviou para escanteio o venenoso chute de Hazard.


Ciente dos riscos, a França teve competência para se defender e, nos pés de Mbappé, depositou a confiança das melhores jogadas. A arrancada no início do jogo foi apenas um cartão de visita do camisa 10. E de sua assistência, Pavard quase abriu o placar. Dessa vez, foi Courtois que fez uma defesaça com os pés. Com uma boa chance clara para cada lado, o gol ficaria para o segundo tempo.
Logo no início, os belgas provaram do próprio veneno usado contra o Brasil. De cabeça, Umtiti abriu o placar, aos seis minutos, após cobrança de escanteio de Mbappé. A bola ainda desviou de leve em Fallaini. Mais participativo, Mbappé mostrou o repertório de arrancadasm, dribles e passes, como o de letra que desmontou a defesa da Bélgica. Giroud demorou a finalizar e deu tempo da recuperação de Dembélé.
Contra o relógio, os Diabos Vermelhos foram à frente, com tudo o que podiam. Com a marcação implacável sobre Hazard e De Bruyne, e Lukaku apagado, a bola área virou um trunfo. E assim, Fellaini assustou Lloris. Na bomba de Witsel, o goleiro francês voltou a fazer grande defesa. A pressão acabou abrindo espaços... Pogba deixou Griezmann e Tolisso na cara do gol. Courtois levou a melhor, mas infelizmente não pôde evitar a justa vitória da França.
FICHA TÉCNICA
FRANÇA 1 X 0 BÉLGICA
Local: Arena Zenit, São Petersburgo em (Rússia)
Árbitro: Andrés Cunha (Uruguai)
Gols: Umtiti (6 minutos do segundo tempo)
Cartões amarelos: Kanté e Mbappé (França); Hazard, Alderweireld e Vertonghen (Bélgica)
Público: 64.286
FRANÇA: Lloris, Pavard, Varane, Umtiti e Lucas Hernández; Kanté, Pogba, Matuidi (Tolisso), Mbappé e Griezmann; Giroud (N'Zonzi). / Técnico: Didier Deschamps
BÉLGICA: Courtois, Alderweireld, Kompany, Vertonghen e Dembélé (Mertens); Witsel, Fellaini (Carrasco), Chadli (Batshuayi), De Bruyne e Hazard; Lukaku. / Técnico: Roberto Matínez

NM com O Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário