Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

quarta-feira, 11 de julho de 2018

CENTRAL DA COPA: Croácia derrota a Inglaterra na prorrogação e vai disputar a sua primeira final de Copa

AFP
Rússia - A primeira final não se esquece. Com apenas 27 anos de independência da Iuguslávia, a Croácia passou por uma maratona de três prorrogações para alcançar a sua primeira decisão na história. E justamente numa Copa do Mundo. Desta vez sem precisar da disputa por pênaltis, como aconteceu contra Dinamarca e Rússia, os croatas conseguiram um gol aos 4 minutos do segundo tempo da prorrogação, com Mandzukic, e derrotaram a Inglaterra por 2 a 1, no Estádio Luzhniki, para viver o seu ápice no futebol. Até, pelo menos domingo, quando enfrenta a França pelo título.
Após surpreender o mundo em 1998, na sua primeira Copa, a Croácia voltava novamente à semifinal após cair três vezes na fase de grupos (2002, 2006 e 2014) e não se classificar em 2010. Era a chance de superar a geração de Suker, mas Modric & Cia parecem ter sentido a pressão pelo feito.
Ainda mais com a Inglaterra marcando logo aos 5 minutos de jogo, em bela falta cobrada por Trippier (desde 1962 não saía um gol de falta numa semifinal de Copa). Os ingleses queriam voltar para uma final, o que não acontecia desde 1966, e foram bem melhores no primeiro tempo. Kane ainda desperdiçou grande chance cara a cara, ao chutar em cima de Subasic, e mandar na trave, no rebote.
A partida estava controlada pelos ingleses, mas a Croácia, no segundo tempo, resolveu jogar. Ainda assim, abusou dos cruzamentos errados. De tanto tentar, a equipe croata finalmente acertou uma bola na área: Perisic se antecipou a Walker e tocou de sola para empatar, aos 23.
Assim como aconteceu do outro lado, o gol desestabilizou a jovem equipe inglesa. E a Croácia cresceu, podendo até mesmo virar o jogo no tempo regulamentar. Perisic chegou a mandar uma bola na trave, após lambança da zaga inglesa, e o goleiro Pickford salvou outras duas vezes.
SEM PÊNALTIS DESSA VEZ
Já acostumados a resolver sua vida na Rússia em mais de 90 minutos, os croatas viram Vrsaljko salvar em cima da linha cabeçada de Stones e Mandzukic parar em ótima saída de Pickford na prorrogação. Parecia que a Croácia iria para a terceira disputa por pênaltis seguida, mas Mandzukic aproveitou sobra na área para fugir da marcação de Stones e fazer o gol da histórica classificação, com direito a comemoração em êxtase dos jogadores, chegando até a derrubar um fotógrafo.
Bastou então controlar o jogo, sem levar muitos sustos atrás. E para os ingleses, que cantam 'Football is coming home' ('O futebol está voltando para casa'), restou voltar mais uma vez sem o título.
FICHA TÉCNICA
CROÁCIA 2X1 INGLATERRA
Local: Estádio Lujniki, em Moscou (RUS)
Público: 78.011 presentes
Árbitro: Cuneyt Cakir (Fifa-TUR)
Auxiliares: Bahattin Duran (Fifa-TUR) e Tarik Ongun (Fifa-TUR)
Cartões amarelos: Mandzukic e Rebic (CRO); Walker (ING)
Cartões vermelhos: -
Gols: Trippier - 5'/1ºT (0-1), Perisic - 23'/2ºT (1-1) e Mandzukic - 4'/2ºP (2-1)
CROÁCIA: Subasic; Vrsaljko, Lovren, Vida e Strinic (Pivaric - 5'/1ºP); Rakitic, Brozovic, Rebic (Kramaric - 11'/1ºP), Modric (Badelj - 12'/2ºP) e Perisic; Mandzukic (Corluka - 9'/2ºP). Técnico: Zlatko Dalic.
INGLATERRA: Pickford; Walker (Vardy - 7'/2ºP), Stones e Maguire; Trippier, Dele Alli, Henderson (Dier - 7'/1ºP), Lingard e Ashley Young (Rose - 0'/1ºP); Sterling (Rashford - 29'/2ºT) e Kane. Técnico: Gareth Southgate.
NM com O Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário