Image Map
Image Map
Image Map

terça-feira, 19 de junho de 2018

CSA volta a campo para tentar manter bom retrospecto fora de casa na Série B

Três dias após enfrentar o Paysandu, o CSA volta a campo na noite desta terça-feira para tentar manter o bom retrospecto fora de casa no Campeonato Brasileiro da Série B. Às 19h15, no Estádio Moisés Lucarelli, o Azulão enfrenta a Ponte Preta, em partida que abre a 12ª rodada da competição.
O CSA vem de um 0x0 com o Paysandu, adversário que enfrentou no sábado passado. Até aqui, foram cinco jogos como visitante, com o Azulão contabilizando três vitórias, um empate e uma derrota. O detalhe é que a única derrota longe de casa foi em solo paulista: para o São Bento (2x1), ainda pela 2ª rodada, no dia 2 de abril.
Para a partida desta noite, o CSA vai entrar em campo fortalecido, graças ao retorno de dois jogadores considerados titulares. Um deles é o lateral-direito Celsinho. Contra o Paysandu, quem atuou nesta posição foi Dawhan, volante de origem. Daí, o técnico Marcelo Cabo deve mais uma vez improvisar apenas na lateral esquerda, ainda apostando no meia Echeverría, já que Rafinha ainda se recupera de lesão.
Outro que volta é o meia Didira, que, a exemplo de Celsinho, ficou ausente do jogo contra o Paysandu devido ao acúmulo de cartões amarelos. E quem também passa a ficar à disposição da comissão técnica é o meia-atacante Walter, que Walter não foi relacionado para a partida em Belém por causa de um acordo com o ex-clube.
Porém, o treinador Marcelo Cabo tem um desfalque, o zagueiro Xandão, que recebeu o terceiro cartão amarelo. Roger, por ter mais ritmo que Elivelton, é o mais cotado para substituí-lo. Com isso, o CSA deve entrar em campo com Mota, Celsinho, Leandro Souza, Roger e Echeverría; Edinho, Ferrugem, Didira e Daniel Costa; Niltinho e Michel Douglas.
Ponte bastante mexida
Na Ponte Preta, o técnico João Brigatti tem três desfalques: meia Murilo Henrique, expulso na rodada passada, além dos também meio-campistas Nathan e João Victor, que receberam o terceiro cartão amarelo.
Já Danilo Barcelos e Tiago Real estão à disposição. Porém, a escalação da Macaca só deve sair quando a equipe já estiver no estádio.
Quanto à arbitragem, Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa) vai comandar a partida. Seus assistentes, também do Pará, são do quadro CBF: Hélcio Araújo Neves e Heronildo S. Freitas da Silva. 
NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário