Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

terça-feira, 5 de junho de 2018

CSA sofre virada, perde para o Guarani e sente segunda derrota seguida em casa

FOTO: AILTON CRUZ
O CSA foi derrotado de virada pelo Guarani por 2 a 1. Esta foi a segunda derrota seguida em casa do CSA. Após fazer 1 a 0 com Rafinha, o time azulino sofreu a virada com gols marcados por Guilherme e Rafael Longuine.
Logo no começo do jogo, o goleiro Alexandre Cajuru se machucou e Mota entrou na partida. O goleiro Mota falhou no gol da virada do Bugre.
Com a derrota, o CSA estacionou nos 18 pontos, mas manteve a segunda posição na tabela de classificação. Já o Guarani chegou aos 13 pontos, subiu duas posições e agora é o nono colocado.
Na próxima rodada, o CSA enfrentará o CRB, no sábado, 9, 16h30, no Estádio Rei Pelé. Já o Guarani receberá o Vila Nova também no sábado, no Brinco de Ouro da Princesa.
O Jogo
O CSA começou atacando, buscando o jogo, tentando pressionar o Guarani. Logo aos 5 minutos, a primeira finalização azulina, mas Didira bateu muito fraco para uma defesa tranquila do goleiro do Bugre.
Mas o primeiro lance de grande perigo foi do Guarani. Xandão e Alexandre Cajuru se atrapalharam, a bola sobrou para Bruno Mendes abrir o marcador, mas Xandão conseguiu a recuperação e travou a finalização na última hora.
Depois em dois lances o CSA chegou. Aos 23 foi Daniel Costa que acertou um chute de fora da área. Bruno Brigído fez a defesa. Mas quatro minutos depois, foi a vez de abrir o marcador. Rafinha cobrou a falta, a bola desviou em Edson Silva e traiu o goleiro Bruno Brígido: CSA 1 a 0.
O Guarani tentou responder. Aos 36 minutos, Pará cobrou a falta e de cabeça, Ricardinho quase empata para o Bugre. O time campineiro ainda teve uma oportunidade de empatar o jogo. Aos 51 minutos, Rafael Longuine bateu a falta, Mota deu o rebote e Everton Alemão quase empata.
Logo no começo do segundo tempo, Michel Douglas cabeceou após um cruzamento de Celsinho e Bruno Brígido fez uma linda defesa.
Em dois minutos, o Guarani reagiu e virou o marcador. Com 12 minutos, Guilherme recebe um passe e acerta um lindo chute, empatando o jogo : 1 a 1. Logo depois, com 14 minutos, foi a vez de Rafael Longuine. No lado do campo, ele acertou um chute, Mota estava adiantado, não conseguiu a defesa e o Guarani virou o jogo: 2 a 1.
Tomando a virada, o CSA partiu para tudo ou nada e acabou se desorganizando. Isto proporcionou ao Guarani contra-ataques muito perigosos. Em pelo menos dois lances, o Bugre poderia ter aumentado. Sem conseguir criar situações dentro do jogo, as melhores oportunidades para o CSA pelo menos tentar o empate, foram em bolas paradas.
Sem efetividade, o CSA acabou derrotado, sofrendo a segunda derrota seguida em casa
Ficha Técnica
CSA 1 x 2 Guarani
Campeonato Brasileiro - Série B - 9ª Rodada
Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)
Árbitro:  Andrey da Silva E Silva (CBF-PA)
Árbitro Assistente 1: Márcio Gleidson Correia Dias(CBF-PA)
Árbitro Assistente 2: José Ricardo Guimarães Coimbra (CBF-PA)
4º Árbitro: Hélder Brasileiro de Aquino (CBF-AL)
Renda: R$ Pblico:
Cartões Amarelos: Barata (Guarani) Leandro Souza, Didira, Xandão (CSA)
Gols: Rafinha (CSA) 27 do 1 tempo; Guilhermer (Guarani) 12 , Rafael Longuine (Guarani) 14do 2 tempo
Equipes:
CSA: Alexandre Cajuru (Mota), Celsinho, Leandro Souza, Xandão e Rafinha; Edinho e Boquita (Pingo); Niltinho, Daniel Costa (Taiberson) e Didra; Michel Douglas
Técnico: Marcelo Cabo
Guarani: Bruno Brígido, Kevin, Everton Alemão, Edson Silva e Pará; Baraka, Ricardinho, Denner (Willian Oliveira) e Rafael Longuine; Guilherme (Kaique) e Bruno Mendes
Técnico: Umberto Louzer
NM com  Alberto Oliveira e Isaac Simões

Nenhum comentário:

Postar um comentário