Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 2 de junho de 2018

CRB empata com Brasil e permanece na zona de rebaixamento

Cleiton Xavier teve estreia destacada. Dos seus pés saiu o passe para o gol de empate
FOTO: AILTON CRUZ
O CRB repetiu uma atuação abaixo do esperado. Sem conseguir construir situações ofensivas, o time sofreu e ficou no empate com Brasil de Pelotas em 1 a 1. O time Xavante abriu o marcador com Lourency e depois Diego Rosa conseguiu o empate.
O Galo foi muito pressionado pelos poucos torcedores que compareceram ao Rei Pelé e tanto no intervalo quanto na saída os jogadores foram vaiados.
Com o empate, o CRB chegou aos 7 pontos e estacionou no 17º lugar, abrindo a zona de rebaixamento. Já o Brasil chegou aos nove pontos, mas caiu mais uma posição: agora é 15º.
Na próxima rodada, o CRB enfrentará o Coritiba, terça-feira (5), às 19h15, no Estádio Couto Pereira. Já o Brasil de Pelotas enfrentará o Oeste também na 3ª feira, na Arena Barueri, às 21h30.
O jogo
A partida começou com o CRB tomando a iniciativa. Mas o Galo apresentava dois problemas: não criava situações de finalização e errava passes. O Brasil jogava mais tranquilo, tinha paciência, girava a bola e criava com paciência. Outra diferença entre as duas equipes era a marcação implementada: o CRB tinha uma marcação frouxa, não pressionava. Já o Brasil era agressivo e até fazia uma pressão na saída de bola do CRB.
O jogo transcorria na intermediária, mas sem a possibilidade de finalização. Somente aos 25 minutos houve a primeira finalização em gol com Itaqui e que forçou João Carlos a fazer a defesa.
Ainda errando muitos passes, o CRB perdia todos os rebotes. Aos 30 minutos, o CRB errou na saída de bola, Itaqui recuperou e Lourency chutou firme para abrir o marcador: Brasil 1 a 0.
Jogadores do Brasil correm para comemorar o gol de abertura do placar
FOTO: AILTON CRUZ

























Perdendo o jogo, o CRB foi ainda mais pressionado e começou a ser vaiado pelo torcedor. Sem conseguir construir lances ofensivos, o CRB seguia optando pela bola alçada na área como principal opção ofensiva. Cleiton Xavier cruzou, no primeiro pau, Diego Rosa deu um leve desvio, o goleiro Marcelo Pitol se atrapalhou, esperava um outro desvio e não conseguiu defender.
Logo no começo do 2º tempo, João Carlos operou um milagre. Após um escanteio cobrado por Itaqui, Eder Sciola subiu e cabeceou firme; o goleiro do CRB fez uma defesa sensacional.
O CRB seguia sem construir situações de gol. O time seguia errando e sem conseguir profundidade, sem conseguir penetrar no sistema defensivo do Brasil.
O jogo no tempo final ficou morno e somente aos 25 minutos Cleiton Xavier criou uma jogada na frente da área com a bola passando raspando a trave do goleiro Marcelo Pitol. Aos 34 minutos, o CRB criou uma situação em bola parada, mas após um lance alçado na área o assistente deu impedimento.
No fim, jogadores do Galo desolados pelo fato de a vitória não ter vindo
FOTO: AILTON CRUZ

























O jogo seguiu sem outras oportunidades nem para o Brasil nem para o CRB.
Ficha Técnica
CRB 1 x 1 Brasil-RS
Campeonato Brasileiro - Série B - 8ª Rodada
Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)
Árbitro: Elmo Alves Resenha Cunha (VTR-GO)
Árbitro Assistente 1: Leone Carvalho Rocha ( CBF-GO)
Árbitro Assistente 2: Edson Antônio de Sousa (CBF-GO)
4º Árbitro: Helder Brasileiro de Aquino (CBF-AL)
Cartões Amarelos: Lucas Siqueira, Everton Sena, Willians Santana, Neto Baiano (CRB) Rafael Dumas, Rafael Freitas , Itaqui, Waldemir, Toty, Marcelo Pitol(Brasil)
Gols: Lourency (Brasil) 30? , Diego Rosa (CRB) 38? do 1º tempo;
CRB: João Carlos, Edson Ratinho, Everton Sena, Anderson Conceição e Diego; Lucas Siqueira e Tinga; Willians Santana(Bruno Paulo), Cleiton Xavier (Leílson) e Diego Rosa(Mazola); Neto Baiano. Técnico: Junior Rocha.
Brasil: Marcelo Pitol, Eder Sciola, Leandro Camilo, Rafael Dumas (Rafel Vitor) e Bruno Collaço(Kaio Nunes); Leandro Leite e Toty; Lourency, Itaqui e Calyson(Waldemir); Luis Eduardo. Técnico: Clemer.
NM com Alberto Oliveira e Tempo real de Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário