Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 16 de junho de 2018

Com autoridade! CRB bate a Ponte e vence em casa após 41 dias: 2 a 0

FOTO: AILTON CRUZ/
Foram 41 dias sem vencer em casa. Mas a ausência de vitória perto do seu torcedor acabou nesta sexta-feira, quando o CRB bateu a Ponte Preta por 2 a 0, no Estádio Rei Pelé. Lucas Siqueira no primeiro tempo e Willians Santana no tempo final construíram a 3ª vitória do Galo na Série B.
O time regatiano fez um jogo seguro e não correu riscos ao longo da partida contra um adversário que teve dificuldade de agredir o rival.
Com o resultado, o CRB chegou aos 11 pontos, mas apenas dormirá fora da zona de rebaixamento. É que, neste sábado, perderá uma posição com o jogo Oeste x Criciuma, voltando para a zona de rebaixamento e ocupando a 17ª posição. Portantoo, não sairá da zona da degola nesta rodada. 
Já a Ponte Preta estacionou nos 14 pontos, caiu uma posição e ainda poderá perder outras com o fechamento da rodada, com outras três partidas marcadas para este sábado.
CRB 2x0 Ponte Preta (Série B 2018)
Confira os melhores momentos da partida no Rei Pelé!
Na próxima rodada, o CRB só voltará a campo no sábado, dia 23, enfrentando o Paysandu, a partir das 21h, novamente no Rei Pelé. Já a Ponte estará em campo já na terça-feira, 19, às 19h15, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, recebendo a visita do CSA.
O jogo
A partida começou como outras do CRB: Galo com a posse de bola, tomando conta do jogo e sendo muito forte pelo lado direito do campo, com Edson Ratinho e Mazola.
Era preciso aliviar a pressão sobre o time da casa com um gol, e isso aconteceu aos dez minutos. Em jogada de Mazola pelo lado esquerdo, a bola foi alçada na área para Lucas Siqueira desviar de cabeça, vencendo o goleiro Ivan e fazendo CRB 1 a 0.
Lucas Siqueira vibrou muito após marcar seu primeiro gol com a camisa regatiana
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS











Com o gol tomado, a Ponte buscou sair mais para o jogo, conseguindo sua primeira finalização aos 17 minutos, quando Paulinho encontrou Murilo, que fez boa jogada individual, cortou para dentro e chutou para a defesa do goleiro do CRB.
Com a vantagem no marcador, o CRB optou por usar um jogo reativo de forma muito cedo. O Galo recuou as linhas, compactou a equipe e esperou o erro da Macaca. O time de Campinas mantinha a posse de bola, mas não criava situações de finalização.
Jogadores comemoram o primeiro gol da partida no Rei Pelé
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS











Já o segundo tempo começou com o CRB buscando reassumir o comando do jogo. E a missão regatiana foi facilitada aos 4 minutos, quando Murilo cometeu uma falta violenta e acabou sendo expulso de forma direta. Na cobrança da falta que gerou a expulsão, Neto Baiano marcou o gol, mas o árbitro anulou o lance, sob a alegação de falta de ataque na barreira da Ponte.
Aos 10 minutos, o Galo chegou bem mais uma vez. Mazola tentou finalização de média distância, forçando o goleiro Ivan a fazer importante defesa. 
Porém, o CRB dava a posse para a Ponte, permitindo que o time de Campinas levasse perigo à meta de João Carlos. Mas o time da casa era melhor. E com um homem a mais, chegou novamente aos 20 minutos, após passe de Neto Baiano, com Leilson arriscando de fora da área e assustando o goleiro Ivan.
Meia Leilson teve atuação discreta e foi substituído por Tinga no segundo tempo
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS











Já aos 28 minutos, o CRB, enfim, conseguiu o segundo gol e um alívio dentro do jogo. Após rebote, Willians Santana, quase sem ângulo, conseguiu um belo drible no goleiro Ivan e fez um lindo gol: CRB 2 a 0.
Nos minutos finais, o CRB ainda teve pelo menos duas oportunidades para ampliar o marcador. Numa das tentativas, o goleiro Ivan fez verdadeiro milagre ao defender um chute à queima-roupa de Everton Sena.
Galo abriu o placar no Trapichão em jogada aérea
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS











Ficha Técnica
CRB 2 x 0 Ponte Preta
  • Campeonato Brasileiro - Série B - 11ª Rodada
  • Local: Estádio Rei Pelé (Maceió-AL)
  • Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (CBF-GO)
  • Assistente 1: Fabrício Vilarinho da Silva (FIFA-GO)
  • Assistente 2: Leone Carvalho Rocha (CBF-GO)
  • 4º Árbitro: Hélder Brasileiro de Aquino (CBF-AL)
  • Renda: R$ 30.426,00 
  • Público: 4.893 torcedores (com 3.832 pagantes)
  • Cartões Amarelos: Orinho, Nathan, João Vitor (Ponte Preta) Tinga (CRB)
  • Expulsões: Murilo (Ponte Preta)
  • Gols: Lucas Siqueira (CRB), 10 min do 1º tempo; Willians Santana (CRB), 28 min do 2º tempo

CRB: João Carlos, Edson Ratinho, Everton Sena, Anderson Conceição e Rafael Carioca (Diogo Matheus); Claudinei e Lucas Siqueira; Mazola, Leilson (Tinga) e Diego Rosa (Willians Santana); Neto Baiano Técnico: Júnior Rocha
Ponte Preta: Ivan, Igor, Leo Santos, Renan Fonseca e Orinho; Nathan e André Castro (Luis Ali); André Luis (Felipe Saraiva), Paulinho (João Vitor) e Murilo; Júnior Santos. Técnico: João Brigatti
NM com Gazetaweb.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário