Image Map
Image Map
Image Map

sexta-feira, 15 de junho de 2018

CENTRAL DA COPA: Irã vence Marrocos por 1 a 0 graças a um gol contra nos acréscimos

ATP
Rússia - O duelo entre Marrocos e Irã, dois países que romperam suas relações diplomáticas há um mês, foi decidido com um gol contra, aos 48 minutos do segundo tempo. A vitória dos asiáticos por 1 a 0 sobre os africanos, nesta sexta-feira, em São Petersburgo, dá aos iranianos a possibilidade de sonhar, ao mesmo tempo que praticamente enterra qualquer chance dos marroquinos. Além disso, Portugal, de Cristiano Ronaldo, e a Espanha, de Iniesta & Cia ganham uma sombra em formato de zebra.
A seleção de Marrocos se mostrou superior desde o início do jogo. Em 20 minutos, já havia dado três sustos nos iranianos. Belhanda, aos 4 minutos do primeiro tempo, levou perigo de cabeça. Três minutos depois, El Kaabi finalizou para fora. E, na melhor chance, aos 18, Belhanda e Benatia pararam na zaga.
O Irã se segurava na defesa e tentava, sem sucesso, sair no contra-ataque. Os lançamentos longos se transformavam apenas em devolução da posse de bola. Como se o time tentasse apenas afastar o perigo temporariamente. Aos 42, porém, Azmoun conseguiu surpreender a defesa. O goleiro El Kajoui, com os pés, salvou os marroquinos.
No segundo tempo, a partida ficou mais equilibrada. Porém, nivelada por baixo. A falta de inspiração do Irã, que praticamente não criou jogadas de ataque na etapa final, contagiou os marroquinos, que só ameaçaram em chute de Ziyech de longe, defendido por Beiranvand.
Chamou atenção o lance da contusão de Nordin Amrabat, que, em divida pelo alto, bateu com a cabeça no ombro do marcador e, depois, no chão, aos 27. O jogador ficou desorientado. Ele teve que ser substituído. No final da partida, o atacante Jahanbakhsh, do Irã, também saiu machucado. Ele foi retirado do campo de maca.
Quando já parecia consolidado o primeiro 0 a 0 da Copa, o Irã teve uma falta a seu favor, pelo lado esquerdo. Após a cobrança na área, o atacante Bouhaddouz, na primeira trave, de peixinho, marcou contra.
FICHA TÉCNICA
Marrocos: El Kajoui, N. Amrabat (S. Amrabat), Benatia, Saïss e Hakimi; El Ahmadi, Ziyech, Boussoufa, Belhanda, Harit (Da Costa) e El Kaabi (Bouhaddouz). Técnico: Hervé Renard
Irã: Beiranvand, Rezaeian, Cheshmi, Pouraliganji, Hajsafi; Ebrahimi (Montazeri), Ansarifard e Shojaei (Taremi); Jahanbakhsh (Ghoddos), Azmoun e Amiri. Técnico: Carlos Queiroz
Local: São Petersburgo
Árbitro: Cuneyt Cakir (TUR)
Cartões amarelos: El Ahmadi (Marrocos); Shojaei e Jahanbakhsh (Irã)
Público: 62.548 presentes
NM com O Dia

Nenhum comentário:

Postar um comentário