Image Map
Image Map
Image Map

quarta-feira, 23 de maio de 2018

CRB só empata com o Ceará e dá adeus à Copa do Nordeste

Lucas Moraes/cearasc.com

A Copa do Nordeste de 2018 chegou ao fim para o CRB. Jogando na noite desta quarta-feira, na Arena Castelão, em Fortaleza-CE, o Galo não saiu do empate sem gols com o Ceará e se despediu da competição. No jogo de ida, no Rei Pelé, deu empate por 3 a 3 e por isso o CRB precisava de uma vitória simples, hoje, para ir às semifinais ou de um empate que fosse acima de três gols. Mas não deu e o Vozão está classificado. Nas semifinais, o Vozão vai enfrentar o Bahia - que eliminou o Botafogo-PB. 
O CRB voltará a campo no próximo sábado, mas pela Série B, quando vai encarar o Guarani, em Campinas-SP. E o próximo rival do Ceará, mas pela Série A, será o Grêmio, domingo que vem, no Castelão.
A PARTIDA 
Logo aos 3 minutos de jogo, o CRB levou perigo ao Ceará. Diego Rosa foi acionado pela esquerda e abriu espaço para o chute da entrada da área, mas viu a bola passar à esquerda do goleiro Everson. O Vozão respondeu aos 4min: após cruzamento da direita, Boaventura afastou mal e Ricardinho pegou a sobra, chutando rasteiro e a bola passou perto da trave direita de João Carlos.
O Ceará tinha mais posse de bola, mas o jogo seguia equilibrado nos 15 primeiros minutos de bola rolando, pois o Galo se defendia bem e apostava nos contragolpes para surpreender o adversário.
O tempo passava e o Ceará continuava com mais volume de jogo, mas não criava o bastante. Já o CRB marcava em cima, mas tinha dificuldade para furar o bloqueio alvinegro.
Aos 28min, o Ceará chegou com Felipe Azevedo, que tentou cruzar, mas mandou a bola em cima do marcador, resultando em escanteio. A torcida do Ceará ficava impaciente e gritava nas arquibancadas: "Queremos raça! Queremos raça!".
Lucas Moraes/cearasc.com
Aos 34min, o CRB teve uma boa chance, mas foi desperdiçada. Em jogada de velocidade pela direita, Diego Rosa cruzou rasteiro, mas Ratinho fez o corta-luz errado. Aos 40min, o Ceará chegou. Richardson cruzou da direita, buscando o atacante Elton. João Carlos saiu errado e a bola sobrou para Romário, que mandou de novo na área, mas Boaventura afastou.
No 2º tempo, o cenário era o mesmo do 1º, com o Ceará tendo mais posse de bola, só que era mais ofensivo. E o Galo tentava nos contragolpes.
Aos 14min, o Ceará teve uma grande chance. Após cruzamento da direita, Elton cabeceou à queima roupa, obrigando o goleiro João Carlos a fazer uma bela defesa. 
Aos 17min, o CRB teve um pênalti marcado pelo árbitro, mas ele voltou atrás, ao ser informado pelo assistente de que a falta em Neto Baiano teria sido fora da área. A falta foi marcada e cobrada por Edson Ratinho, mas a bola foi por cima, sem perigo. E no lance da falta em Neto, Luiz Otávio acabou sendo expulso. 
Em busca do gol que lhe daria a classificação e com um homem a mais em campo, o CRB pressionava, enquanto o Vozão só se defendia. E aos 27min, após boa jogada pela esquerda, Lucas deu a bola voltando para Diego Rosa, que ajeitou para o chute, mas mandou em cima da marcação, desperdiçando o bom momento do Galo.
Aos 38min, Neto Baiano cobrou uma falta com perigo e o goleiro Everson fez bela defesa, espalmando e livrando o que poderia ser o gol do Galo.
O árbitro deu seis minutos de acréscimo, o CRB tentava a todo instante fazer o gol, seguia pressionando e o Ceará se defendendo. Aos 49min, em cobrança de escanteio, Rafael Costa cabeceou no primeiro pau e viu a bola passar raspando a trave esquerda do goleiro. Aos 50min, de novo o CRB. Mazola recebeu de frente para o gol e chutou prensado, mas Everson caiu no canto esquerdo e defendeu. E já não havia tempo para mais nada. Fim de jogo e a torcida do Ceará protestou: "Time sem vergonha!".
Ceará - Everson; Arnaldo (Naldo), Luiz Otávio, Rafael Pereira e Romário; Richardson, Juninho e Ricardinho; Wescley, Elton (Douglas Coutinho) e Felipe Azevedo (Pio). Técnico: Daniel Azambuja (interino).
CRB - João Carlos;  Diogo Matheus, Flávio Boaventura, Anderson Conceição (Rafael Costa) e Lucas Siqueira; Feijão, Tinga, Edson Ratinho (Mazola), Diego Rosa e Willians Santana (Leilson); Neto Baiano. Técnico: Júnior Rocha.
NM com Fernanda Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário