Image Map
Image Map
Image Map

sexta-feira, 4 de maio de 2018

Contra o Atlético-GO, no Rei Pelé, CRB mira 1ª vitória na Série B

Poupado diante do Campinense, meia-atacante Diego Rosa deve retornar ao time titular
FOTO: DOUGLAS ARAÚJO / ASCOM CRB
Após vencer o Campinense-PB e garantir vaga Copa do Nordeste de 2019, o CRB já volta as atenções para a Série B. Nesta noite, o Galo recebe o Atlético-GO para o complemento da 4ª rodada, buscando, diante de seu torcedor, a partir das 20h30, no Estádio Rei Pelé, sua primeira vitória no Brasileiro deste ano.
Na última coletiva de imprensa, o técnico Júnior Rocha adiantou que não deve recorrer ao rodízio para evitar o desgaste do elenco, em razão da maratona de jogos. Porém, deve promover mudanças para o duelo contra o Dragão.
Na defesa, por exemplo, Everton Sena retoma a condição de titular, enquanto Flávio Boaventura e Anderson Conceição disputam a outra vaga no miolo de zaga. No meio-campo, o volante Willians Fernandes deve ser o escolhido para substituir Feijão - expulso contra o Fortaleza. 
Já no ataque, Diego Rosa - poupado diante do Campinense - deve formar dupla com Neto Baiano. Com isso, Willians Santana ficaria como opção no banco de reservas. A grande novidade, porém, fica por conta do atacante Mazola, que foi liberado pelo departamento médico e pode finalmente fazer a sua estreia com a camisa do Galo. 
Um provável time do CRB - que ainda não pontuou e é o penúltimo colocado - tem João Carlos; Diogo Matheus, Everton Sena, Anderson Conceição (Flávio Boaventura) e Diego; Willians Fernandes, Lucas Siqueira, Edson Ratinho e Tinga; Diego Rosa e Neto Baiano.
Do lado goiano, o técnico Cláudio Tencati deve manter a base do time que venceu o Guarani por 3x2, em Goiânia. A principal novidade no Atlético é o retorno do meia Tomas Bastos, que cumpriu suspensão automática e vai substituir Rômulo.
Sem mistério, o Dragão - que soma seis pontos e luta para figurar no G4 - já está definido, com Kléver; Alisson, William Alves, René e Bruno Santos; Bileu, Fernandes e Tomas Bastos; Júlio César, João Paulo e Tito. 
Já a arbitragem vem do Rio de Janeiro. Bruno Arleu de Araujo (CBF) apita o confronto, tendo Luiz Claudio Regazone (CBF) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (CBF) como seus assistentes.
NM com Isaac Simões

Nenhum comentário:

Postar um comentário