Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

domingo, 15 de abril de 2018

Marcelo Cabo diz que Azulão vai passar por dificuldades neste início de Série B

FOTO: AILTON CRUZ
Melhor não poderia ser para o torcedor azulino, pois afinal fazia muitos anos que não via a sua equipe participar de uma divisão de elite do futebol brasileiro. Porém, com a experiência de quem já foi campeão brasileiro, o treinador Marcelo Cabo disse que o CSA vai passar por muitas dificuldades neste início de Brasileiro da Série B.
- O detalhe é que neste campeonato, que é tão competitivo, estamos ainda reformulando o elenco. São onze jogadores que estão chegando e pode não parar aí. Então é preciso paciência porque tem sido um esforço muito grande da diretoria.
O comandante azulino reforçou seu pensamento:
- Nesse início vamos oscilar um pouco. De maneira que eu acredito que só a partir da 4ª, 5ª rodada é que a gente vai ter uma equipe mais sólida. Independe disso é fundamental irmos pontuando. Neste sábado pegamos um adversário muito qualificado, que valorizou muito a nossa vitória, mas quero ressaltar que houve entrega de todos os atletas da nossa equipe.
Questionado sobre os reforços que ainda estão chegando, Marcelo Cabo foi em defesa deles:
- São jogadores qualificados. Mas há alguns que chegam física e tecnicamente abaixo dos demais. Quero também fazer a observação que não esperava perder o Didira no 1º tempo. Isso mexeu um pouco sobre o que planejei para a partida. E o Didira é um pilar nosso pelo que rendeu no Campeonato Alagoano, principalmente na reta final.
O CSA vai agora se preparar para seu primeiro compromisso longe de Maceió, pois na 2ª rodada enfrenta o São Bento em Sorocaba (SP). Será na sexta-feira da próxima semana (20), às 20h30, no Estádio Walter Ribeiro.
A preocupação de momento é com o meia Didira. Jogador atuou por menos de meia hora, fruto de uma cotovelada que sofreu do armador Léo Sena no nariz e que causou forte hemorragia. Quando deixou o gramado, atleta foi direto a um hospital para imediatamente dar início ao tratamento.
Antes de a bola rolar, atacante Walter acena para a torcida azulina
FOTO: AILTON CRUZ

























Quem marcou presença no Trapichão, na tarde deste sábado, foi o atacante Walter. Vindo do Paysandu, jogador se apresentou vestindo a camisa do CSA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário