Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

sexta-feira, 13 de abril de 2018

CRB inicia a Série B com derrota para o Oeste: 2 a 0

Fotos: Jefferson Vieira/Oeste FC
O CRB começou com o pé esquerdo a sua jornada na Série B do Brasileiro. O Galo estreou nesta sexta à noite com derrota para o Oeste, por 2 a 0, em jogo na Arena Barueri-SP, pela rodada de abertura da competição, que será fechada neste sábado. Os gols do Oeste foram de Bruno Lopes e Pedrinho, um em cada tempo. 
O próximo compromisso do Galo pela Série B será contra o Vila Nova, no dia 21 deste mês, no Estádio Rei Pelé, às 16h30. Já o Oeste vai encarar o Juventude, um dia antes (20), às 19h15, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul-RS.
COMO FOI 
No início do 1º tempo, a partida se mostrou equilibrada, com as duas equipes propondo o jogo, apesar de o Oeste levar mais perigo à meta adversária. E o time da casa chegou com perigo pelo menos três vezes, aos 5' e aos 6', ambas com o atacante Carlinhos, e aos 13 minutos, com Pedrinho, que viu a bola passar tirando tinta da trave.
Oeste 2x0 CRB (Série B 2018)
Confira os melhores momentos da partida na Arena Barueri
Mas aos 16 minutos, foi a vez do CRB, que até chegou a abrir o marcador. Na cobrança de escanteio de Ayrton, Feijão cabeceou, o goleiro deu rebote e Diego Rosa escorou para o gol, mas o árbitro marcou falta de ataque e anulou o gol. 
Se o gol do Galo não valeu, o do Oeste sim. E saiu aos 30 minutos. Após levantamento da direita, Carlinhos recebeu e chutou rasteiro. No rebote de João Carlos, Bruno Lopes bateu no canto: 1 a 0. 
O CRB respondeu aos 31?, quando Tinga foi lançado em velocidade pela direita e cruzou fechado. A bola desviou em Lídio, quase encobrindo o goleiro Tadeu, que se esticou todo para fazer grande defesa.
O Oeste seguiu até o fim da 1ª etapa com maior volume de jogo. Enquanto o CRB explorava o contragolpe. E já nos acréscimos, aos 47?, o Alvirrubro tentou o último lance: Ayrton cruzou da direita e Tinga cabeceou com perigo. A bola foi muito perto do poste direito do goleiro Tadeu.
No 2º tempo, o CRB avançava no ataque, em busca do empate, dando mostras de que mudaria a postura em campo. Mas foi o Oeste quem assustou aos 9?, com Léo Artur, que recebeu pela direita e chutou forte, mas a bola foi bem perto do travessão de João Carlos. Aos 12?, o time paulista chegou ao segundo gol, com Pedrinho. Ele invadiu a área, se livrou de três defensores e guardou, no cantinho direito de João Carlos: 2 a 0.
Sentindo dificuldade no setor de criação, o técnico Mazola Júnior, do CRB, promoveu a entrada de Ratinho, no lugar de Willians Santana, para dar mais mobilidade no meio-campo. Também entrou Lucas para a saída de Feijão. 
Aos 19?, o Galo tentou. Após cobrança de escanteio, Lucas subiu mais alto que todo mundo e cabeceou, mas a bola foi para fora, passando perto da trave.
Minutos depois, Mazola Júnior tirou Ayrton, lateral, e pôs em campo o atacante Juninho Potiguar, a fim de dar mais ofensividade ao CRB, em busca do gol. O time regatiano até que passou a ter mais posse de bola, mas não conseguia convertê-la em chances reais de gol.
Aos 33?, surgiu o bom momento para o CRB. Ratinho cobrou uma falta com categoria, encobrindo a barreira. A bola foi no cantinho direito, mas Tadeu fez boa defesa.
Ainda mandando no jogo, o Galo queria o seu gol. Aos 37?, Juninho Potiguar avançou e mandou uma bomba, mas Tadeu fez nova grande defesa.
O Oeste ainda teve uma boa chance, aos 45?. João Carlos desviou o chute cruzado para a área, a bola sobrou para Daniel Farias, que se enrolou, mas bateu para o gol e goleiro voltou e salvou o que seria o terceiro gol. Era só sufoco para o CRB! Aos 47?,  Nicolas Careca recebeu nas costas da zaga e chutou rasteiro. João Carlos defendeu e Léo Castro ficou com a sobra, mas chutou em cima do goleiro regatiano.
Oeste - Tadeu; Daniel Farias, Joílson, Leandro Amaro e Romão; Lídio (Rodrigo Souza), Wallace Bonilha, Leo Arthur e Bruno Lopes; Pedrinho (Léo Castro) e Carlinhos (Nicolas Careca). Técnico: Roberto Cavalo.
CRB - João Carlos; Ayrton (Juninho Potiguar), Everton Sena, Anderson Conceição e Diego; Feijão (Lucas), Willians Fernandes, Willians Santana (Edson Ratinho), Tinga e Diego Rosa; Neto Baiano. Técnico: Mazola Júnior.
NM com Fernanda Medeiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário