Image Map
Image Map
Image Map

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Aos 32 anos, zagueiro Audálio retorna ao ASA para a disputa da Série D

Na tarde desta segunda-feira (23), a direção do ASA anunciou a contratação do zagueiro Audálio, de 32 anos de idade. Alagoano nascido em Quebrangulo, o defensor volta a defender as cores do Fantasma arapiraquense, onde atuou nas temporadas de 2008, 2010 e 2012.
Audálio - que também atua como volante - é o 9º reforço do Alvinegro para a disputa do Campeonato Brasileiro da Série D. Antes de anunciar o seu retorno para o ASA, o zagueiro disputou a Série A2 do Campeonato Paulista pela equipe do Água Santa.
Em seu site oficial, o ASA deu as boas vindas ao defensor, que também atuou no CRB entre as temporadas de 2013 e 2017. "Em suas três passagens pelo Alvinegro, Audálio sempre honrou a camisa, sendo um dos destaques do time nas campanhas da Série C de 2008 e nas Séries B de 2010 e 2012", diz o comunicado no site oficial do Gigante.
A apresentação oficial do zagueiro acontece nesta terça-feira, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca.
Problema
Volante Misso se lesionou na partida contra o Sergipe, em Aracaju
FOTO: DIVULGAÇÃO

























Por outro lado, o departamento médico do ASA confirmou que o volante Misso precisará passar por uma cirurgia, devido à lesão sofrida na perna esquerda durante a partida contra o Sergipe, no último sábado. Em entrevista ao repórter Jânio Barbosa, da Rádio Gazeta, o fisioterapeuta Hugo Bittencourt explicou a situação.
- O Misso teve uma fratura na fíbula, que é o osso da perna. Ele vai realizar um procedimento cirúrgico, que deve demorar um pouco para ser realizado, até mesmo porque o atleta ainda sente dor intensa no local, que está bastante inchado. Temos de esperar as primeiras 48 horas para que esse edema diminua.
Ainda segundo Bittencourt, a recuperação total do jogador poderá levar até três meses. 
- A cirurgia é um procedimento técnico de sucesso. Não é algo tão complexo. A lesão dele é quase semelhante a do Marlon. Ele vai fazer o procedimento cirúrgico e vai aguardar umas três semanas para começar a fisioterapia e, no mínimo, dois a três meses para voltar.
NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário