Image Map
Image Map
Image Map

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Sob novo comando, CSA tenta dar início à reação na Copa do Nordeste

Vencer para, enfim, começar uma reação na Copa do Nordeste. Este é o objetivo do CSA, que, nesta quarta-feira, enfrenta o Salgueiro-PE, em partida que marca a estreia do treinador Marcelo Cabo. Em dois jogos disputados até aqui, o Azulão vem de um empate e uma derrota, ocupando a indigesta terceira colocação do grupo D, com apenas 1 ponto.
Os ingressos custam R$ 20 para o setor de arquibancada alta e R$ 50 para as cadeiras especiais. Neste jogo, o setor de arquibancada baixa estará fechado. 
Os pontos de venda são os seguintes: Loja Azulão (antiga Avenida Amélia Rosa, na Jatiúca), Polysport (Maceió Shopping/Patio Shopping/Centro) e Arena das Torcidas (Shopping Farol). O sócio torcedor da categoria bronze, que tem acesso à arquibancada baixa, poderá assistir à partida desta quarta no setor de arquibancadas altas.
Para este jogo, com início às 19h30, no Rei Pelé, o CSA terá mudanças em relação à partida de domingo passado, pelo Campeonato Alagoano. Lesionados,o zagueiro Leandro Souza e o lateral Rafinha serão poupados. Com isso, Xandão deve ter Roger como novo companheiro no miolo de zaga, enquanto Paulinho ganha mais uma oportunidade de começar atuando.
Porém, as mexidas param por aí. Afinal, o técnico Marcelo Cabo - que já acompanhou, da arquibancada, a partida do fim de semana - gostou da atuação de John Lennon, apesar do bom momento de Talisson, também lateral-direito, de modo que o titular da posição segue indefinido.
Já o meia Daniel Costa, poupado, deve reaparecer. Daí, a provável formação do CSA para começar o jogo contra o Salgueiro tem Mota, John Lennon, Roger, Xandão e Paulinho; Dawhan, Yuri, Didira e Daniel Costa; Giva e Leandro Kível.
E se o CSA tem 1 ponto, a situação do Salgueiro é pior porque o time pernambucano ainda não pontuou. Portanto, o jogo desta noite é considerado o confronto dos desesperados, embora ainda restem quatro rodadas para ser encerrada a fase classificatória. Os outros times com compõem a chave são Sampaio Corrêa, que soma 7 pontos, e Ceará, com 6.
Carcará em jejum
O Salgueiro justifica o fato de ser o lanterna de sua chave porque, nesta temporada, só venceu um jogo, pelo Campeonato Pernambuco. Na Copa do Nordeste, estreou em casa perdendo para o Ceará por 2x0, enquanto que em São Luís acabou goleado pelo Sampaio, por 4x0.
Esta performance fez com que a diretoria mexesse na comissão técnica. Com isso, João Paulo Santos, que dirige o time sub-20 do Carcará do Sertão, foi promovido ao profissional.
O Salgueiro vem de empate em 2x2 com o Flamengo de Arcoverde, pelo Estadual, e João Paulo deve repetir a escalação deste último confronto, com Mondragon, Marcos Tamandaré, Luís Eduardo, Maurício e Juninho; Escuro, Piauí, Jaildo e Dadá; Willian Anicete e João Paulo.
A arbitragem de CSA x Salgueiro vem de Sergipe, e toda ela é do quadro CBF: Michael Vinícius Santos Freitas será auxiliado por Cleriston Clay Barreto Rios e Vaneide Vieira de Góis. 
NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário