Image Map
Image Map
Image Map

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

CRB perde para o São Paulo, no primeiro jogo da 3ª fase da Copa do Brasil: 2 a 0

globoesporte.com
No primeiro jogo válido pela 3ª fase da Copa do Brasil, disputado no Morumbi, na noite desta quarta-feira, o CRB foi encurralado pelo São Paulo - sobretudo no 1º tempo - e saiu de campo amargando a derrota por 2 a 0. Os gols do Tricolor foram de Valdívia e Éder Militão, ambos na etapa inicial. E Cueva ainda desperdiçou um pênalti. Detalhe: o goleiro Sidão, do São Paulo, se machucou durante o aquecimento e foi substituído de última hora pelo reserva Jean.
As duas equipes voltam a se enfrentar no dia 14 de março, pelo jogo de volta, às 19h30, no Rei Pelé, em Maceió. Para classificar, o CRB precisa vencer por uma diferença de três gols. O São Paulo pode perder por um gol de diferença. Se perder por dois gols de diferença, a decisão vai para os pênaltis.
O público total do jogo foi de 8.514 torcedores. E a renda bruta chegou a R$ 200.605,00. Já a renda líquida foi de R$ 20.615,16.
O duelo
Logo no início do jogo, aos 5 minutos, o árbitro Pedro Vuaden-RS marcou uma penalidade contra o CRB, de Feijão em cima de Hudson, o que deixou o Galo na bronca. Cueva foi para a cobrança e acabou perdendo, mandando a bola para a linha de fundo e desperdiçando a chance de abrir o placar, aos 8 minutos.
O CRB tinha dificuldades para jogar, estava nervoso e perdido, dando muitos espaços ao Tricolor, que teve outro bom momento para abrir o marcador aos 13min. Petros chegou na linha de fundo e tocou a bola para trás. Hudson bateu da entrada da área, de perna esquerda, e a bola foi para fora, passando pertinho do travessão.
Aos 23min, o CRB tentou chegar à área do São Paulo pela primeira vez. Neto Baiano lançou para Serginho, mas este estava em posição de impedimento. O Tricolor era superior na posse de bola e o CRB não conseguia atacar e segurava o adversário como podia. Mas não conseguiu, pois aos 34min o Tricolor abriu o placar. Brenner recebeu a bola na linha de fundo, cruzou, ela desviou e Cueva não conseguiu chegar, mas sobrou para Valdívia que, livre de marcação, mandou de perna direita para o fundo do gol: 1 a 0.
Não demorou e o São Paulo fez o segundo gol. Aos 41min, Jean lançou para Militão, que tabelou com Cueva e recebeu na cara do goleiro João Carlos para marcar: 2 a 0.
Na etapa final, o São Paulo levou perigo logo no início, quando quase fez o terceiro gol. Cueva meteu a bola na trave em bela cobrança de falta e o goleiro João Carlos ficou só olhando ela passar, aos 7min.
O Tricolor quase chegou de novo ao terceiro gol aos 15min. Brenner chutou de primeira, mas a bola se chocou em Flávio Boaventura, que salvou o Galo.  
Anderson Conceição domina a bola diante da chegada de Marcos Guilherme
FOTO: DJALMA VASSÃO/GAZETA PRESS

























Passados 20 minutos, o CRB acordou no jogo e melhorou. E quase diminuiu a diferença aos 28min. Ratinho avançou em velocidade, cruzou a bola rasteira e ela passou muito perto de Neto Baiano e Juninho Potiguar, que se esticaram, mas não alcançam.
O São Paulo respondeu imediatamente, aos 29min, com Cueva, mas a bola foi para o tiro de meta para o CRB, passando perto da trave esquerda.
O Galo continuava tentando fazer o seu gol no jogo, mas era infeliz na finalização. 
Aos 46 minutos, a bola ia chegando na área do São Paulo, em condições para Neto Baiano finalizar, mas Arboleda cortou para fora da área tricolor.
Com a partida se aproximando do final, o Tricolor passou a tocar passes na defesa, somente aguardando o apito final do árbitro, que veio aos 48.
São Paulo - Jean; Éder Militão, Rodrigo Caio, Arboleda e Reinaldo; Petros, Hudson, Cueva (Paulinho); Valdívia; Marcos Guilherme (Nenê) e Brenner (Diego Souza). Técnico: Dorival Júnior.
CRB - João Carlos; Ayrton, Flávio Boaventura, Anderson Conceição e Diego; Feijão, Willians Fernandes (Juliano), Serginho e Edson Ratinho; Willians Santana (Juninho Potiguar) e Neto Baiano. Técnico: Mazola Júnior.
NM com Fernanda Medeiros e Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário