Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Padronização contábil: etapa concluída pela CBF em duas regiões do Brasil

FOTO: Lucas Figueiredo/CBF
Duas regiões do Brasil já receberam a visita técnica da Confederação Brasileira de Futebol em busca da uniformização das demonstrações contábeis. A comitiva concluiu em janeiro o trabalho presencial nas federações do Norte e Nordeste do país. Iniciado em 2016 com a confecção e distribuição do manual de políticas contábeis e modelo de demonstrações financeiras, o projeto realizou a consultoria com objetivo de conhecer as equipes financeiras, explicar as melhores práticas e sanar possíveis dúvidas.
As visitas seguem avançando e as federações da região Centro-Oeste do país vão receber as próximas consultorias. Os encontros são liderados por representantes da BDO RCS Auditores Independente, empresa contratada pela CBF para planejamento e realização da padronização.
— Nosso programa de governança para o futebol brasileiro avança. Desenvolvemos um trabalho de excelência nesta área, com auxílio das melhores consultorias do mercado, e agora já podemos compartilhar esse modelo contábil com as federações. Paralelamente pretendemos também alcançá-lo aos clubes por meio da Licença de Clubes. A padronização contábil nos permite melhores diagnósticos e a organização de soluções eficazes e úteis para toda a estrutura do futebol – afirma o Diretor Executivo de Gestão da CBF, Rogério Caboclo.
O objetivo do projeto é possibilitar maior clareza e transparência na geração e divulgação dos dados. A evolução desde a distribuição do manual até o momento atual é notável.
– Já tivemos uma melhora importante no último ano e um feedback muito positivo das federações. Todas estão engajadas no sucesso desta padronização. É um processo de longo prazo, mas já estamos colhendo bons frutos – destacou o diretor de finanças da CBF, Gilnei Botrel.
O consultor Carlos Aragaki, representante da BDO RCS, liderou os encontros e falou sobre a evolução do processo.
– Não temos a padronização total ainda, mas demos um passo importante em busca de mais profissionalismo e transparência. É uma semente que foi plantada e seguimos em busca de um projeto completo, que tem como objetivo final a governança e a conformidade com um modelo moderno de gestão – declarou o profissional sobre suas primeiras impressões.
O presidente da Federação de Futebol do Estado do Acre, Antônio Aquino Lopes, elogiou a iniciativa e destacou a importância do trabalho em conjunto em busca da padronização das finanças.
– A orientação passada na visita foi muito interessante. Foi feita uma revisão da nossa contabilidade e ficou claro que já estamos colocando em prática a padronização nacional e o quão isto é importante. Seguimos trabalhando para alcançar uma evolução cada vez maior, pois tudo isso vem para facilitar o nosso trabalho – afirmou.
Outra Federação que recebeu a visita recentemente foi de Rondônia. O presidente da Entidade, Heitor Costa, ressaltou a relevância do encontro e parabenizou o Departamento de Finanças da CBF.
– Foi um primeiro contato presencial e tivemos uma impressão excelente. É uma atitude louvável da CBF essa de passar orientações às federações sobre as práticas financeiras, pois há necessidade de utilizarmos práticas comuns. Já estamos implementando uma padronização nas nossas ações e seguimos em busca dos 100% – finalizou.
NM com site da CBF

Nenhum comentário:

Postar um comentário