Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

domingo, 14 de janeiro de 2018

CSA: técnico rechaça empolgação, mas diz que goleada foi surpreendente

O técnico azulino Flávio Araújo falou à imprensa sobre o resultado da partida amistosa realizada na tarde deste sábado, contra o Coruripe, no CT Gustavo Paiva, no Mutange, e disse ter gostado do que viu. O CSA passou fácil pelo Hulk, goleando a equipe alviverde por 6x1 e agradando o comandante. Para o treinador, seu time "já evoluiu individual e coletivamente" nesta pré-temporada, vencendo e convencendo diante da torcida azulina.
"Em conversa com o grupo, fui sincero com relação ao que esperava no jogo de hoje. Era vencer e convencer. Tivemos dificuldade até os primeiros 25 minutos, mas goleamos um time profissional. Graças a Deus, o grupo entendeu o recado. Sentimos uma melhora individual e coletiva do grupo, superando as nossas expectativas", comentou Araújo, para quem o CSA encerrou seus preparativos fazendo um bom jogo.
Quanto ao primeiro desafio em 2018, quinta-feira que vem, contra o Sampaio Corrêa-MA, no Rei Pelé, o treinador disse esperar uma grande partida pela Copa do Nordeste. "O Sampaio manteve a base e também fez contratações. É uma situação parecida com a nossa. Eles iniciaram a preparação uma semana antes, e será um grande jogo porque são duas grandes equipes", avaliou Flávio Araújo, que fez questão de afastar qualquer clima de empolgação no Mutange.
Na mesma entrevista, o treinador azulino lamentou a ausência de Leandro Kível - lesionado, o atacante assistiu à partida do banco de reservas. "Lesão é algo natural mesmo no início de temporada. O mais importante é transmitir confiança ao jogador", destacou Araújo, acrescentando que outros dois atletas também ausentes por lesão - o lateral Talisson e o meia Echeverría - já estão treinando normalmente.


E o técnico do CSA aproveitou a oportunidade para convocar o torcedor azulino para o duelo marcado para as 18h. "O torcedor foi fundamental na campanha do acesso e do título da Série C no ano passado. Eles empurram o time desde o início do jogo. Por isso, acreditamos muito que, na quinta-feira, não iremos colocar menos de 10 mil pessoas no estádio", concluiu.
NM com Bruno Soriano

Nenhum comentário:

Postar um comentário