Image Map
Image Map
Image Map

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

CSA ganha semana de folga e volta as atenções para a Copa do Nordeste


Após golear o Murici por 4x0, em sua primeira vitória no Estadual, nessa quarta-feira, no Rei Pelé, o CSA ganhou uma semana de folga até o seu próximo compromisso, contra o Ceará, na quarta-feira (31), pela Copa do Nordeste. E o Azulão quer aproveitar o espaço de tempo até o duelo em Fortaleza para intensificar os treinamentos, com o treinador Flávio Araújo já marcando um jogo-treino para movimentar os atletas considerados reservas, aqueles que não vêm atuando com tanta frequência, a fim de que todos possam conquistar o mesmo ritmo de jogo.
Com a vitória em casa, o CSA saltou para a vice-liderança do Alagoano, com quatro pontos em dois jogos. À imprensa, durante coletiva no Trapichão, Flávio Araújo disse que a vitória foi convincente "não apenas pelo placar elástico, mas também pela atuação da equipe como um todo". 
"O placar no primeiro tempo só marcou 1x0, mas tivemos uma boa saída de bola. Construímos oportunidades para definir a vitória ainda no tempo inicial, alternando as jogadas e buscando as laterais. Também tivemos uma boa movimentação sem a bola. Fiquei feliz com a atuação porque o nosso grupo tem condições de fazer esse tipo de jogo", analisou o treinador.
E Araújo também reconheceu que o resultado veio em boa hora, pois, o CSA ainda não havia vencido na temporada - empate em casa com o Sampaio Corrêa-MA, pelo Nordestão, e empate em Boca da Mata contra o Santa Rita, pelo Alagoano. "Estávamos incomodados, apesar de que fizemos um bom segundo tempo em Boca da Mata, assim como no duelo contra o Sampaio, mas não vencemos. Hoje, jogamos com confiança e personalidade. E se analisarmos tecnicamente, prevaleceu a qualidade de jogo do CSA. Este foi o CSA que a torcida gosta de ver, e isso estimula o torcedor", emendou o técnico azulino.
Na coletiva, o comandante marujo também destacou o fato de a torcida ainda se familiarizar com alguns nomes. "Aos poucos, a torcida vai conhecendo os novos jogadores, a exemplo do atacante Giva, que já deixou uma boa impressão. Tivemos um pouco de dificuldade na aproximação por dentro, devido à ausência do Marcos Antônio [lesionado], que tem um bom entrosamento com o Rafinha [lateral-esquerdo]. Mas o Bruno [Veiga, substituto] entrou empenhado em fazer um grande jogo e está buscando seu espaço", complementou.


Já quando perguntado sobre se o Ceará - que vai novamente disputar a Série A do Brasileiro em 2018 - é o favorito para o confronto da próxima semana, Flávio Araújo foi direto ao ponto. "Eles têm uma folha de um milhão e quatrocentos mil reais. Se o potencial de investimento é muito maior, hoje, eles são favoritos. Mas vamos em busca do resultado positivo", resumiu o treinador, que celebra o tempo livre para aperfeiçoar alguns fundamentos até o próximo desafio. "Foram três jogos em sete dias", salientou.
NM com Bruno Soriano

Nenhum comentário:

Postar um comentário