Image Map
Image Map
Image Map

domingo, 19 de novembro de 2017

Campeonato Alagoano terá apenas jogos de ida na primeira fase

FOTO:AILTON CRUZ
A Federação Alagoana de Futebol (FAF) aprovou, na tarde desta sexta-feira (17), durante o Conselho Arbitral do Campeonato Alagoano de 2018, que o certame terá apenas jogos de ida na primeira fase, reunindo os nove clubes participantes. Todos irão se enfrentar em apenas oito confrontos, com os quatro melhores colocados avançando para a segunda fase, as semifinais da competição, com partidas de ida e volta.
O Arbitral foi realizado em um hotel no bairro de Pajuçara, em Maceió, e contou com a presença de dirigentes de todas as equipes inscritas: CSA, CRB, ASA, CSE, Coruripe, CEO, Murici, Santa Rita e Dimensão Saúde - campeão da Segunda Divisão e único time a garantir o acesso. O campeonato terá início em 21 de janeiro, encerrando-se em 8 de abril.
Também ficou definido, por sorteio, que o Galo será o mandante do único clássico das multidões da primeira fase do campeonato e que a renda da partida será dividida entre os dois clubes. Com isso, o CRB, nesta mesma fase, terá de enfrentar o ASA em Arapiraca, em mais um clássico estadual, como forma de equilibrar a disputa.
Em sorteio, ficou definido que o CRB será o mandante no "Clássico das Multidões"
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

























Portanto, em 2018, os torcedores de CSA e CRB só poderão ver até três clássicos (os dois últimos já pelas semifinais, finais ou disputa de terceiro lugar, que continua valendo vaga na Copa do Brasil), caso ambos avancem à segunda fase.

Na oportunidade, o presidente da Federação Alagoana de Futebol, Felipe Feijó, revelou que a premiação para o grande campeão será anunciada em breve. A FAF também estuda, juntamente com o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), reunir-se com o Ministério Público Estadual (MPE) para revogar a determinação de torcida única nos jogos entre CSA e CRB.
O único clube que se manifestou contrariamente à forma de disputa foi o Murici. Porém, a direção do time alviverde foi voto vencido: 8x1.
Uma das diferenças em comparação com o Estadual deste ano é que a primeira fase, em 2017, foi dividida em dois grupos - cada time fez 10 jogos. Outra mudança está no número de participantes, que caiu de 10 para 9, após o rebaixamento de Sete de Setembro e Miguelense. 
Já o denominado quadrangular da morte também foi extinto. Com isso, os dois piores colocados na primeira fase serão rebaixados automaticamente, a fim de que o Alagoano 2019 passe a contar com apenas oito participantes.
O que falaram os dirigentes
Marcelo de Jesus, gerente de futebol do CSA:
"Infelizmente, é o que se pode fazer diante do pouco tempo para o estadual. Apesar de sabermos que o melhor formato não é este, principalmente com relação aos clubes que não têm calendário, as datas já estão definidas, e vamos cumprir o regulamento que foi aprovado".
Alarcon Pacheco, gerente de futebol do CRB:
"Infelizmente, as datas se resumem cada vez mais. Porém, sabemos da dificuldade da federação em atender as datas da CBF, com a Copa do Nordeste, Copa do Brasil e o próprio Campeonato Brasileiro. Mas temos que nos adequar, apesar de vermos os campeonatos estaduais perderem seu brilho em relação à quantidade de jogos disputados".
Geraldo Amorim, presidente do Murici:
"O Murici foi contra este modo de disputa porque não existe uma equipe realizar apenas oito jogos numa competição estadual. Desse modo, não parece um campeonato, e sim, um torneio. Entretanto, como nós fomos vencidos, só nos resta montar um bom time para ficarmos entre os quatro [melhores colocados] e lutarmos pelo título".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA