Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 23 de setembro de 2017

CRB perde de virada para o Criciúma e estaciona na 13ª colocação da Série B

Mesmo com a estreia do técnico Mazola Júnior neste sábado (23), o CRB não conseguiu voltar a vencer pela Série B do Brasileiro, no Estádio Rei Pelé. Diante do Criciúma-SC, o Galou sofreu novo revés dentro de casa, onde já acumula jejum de três partidas sem saber o que é somar três pontos.
Élvis, de falta, abriu o placar para o CRB, enquanto Neto Baiano (contra) e Silvinho fizeram os gols do Tigre catarinense: 2x1.
Com a derrota, o Galo segue na 13ª colocação, com 32 pontos, enquanto o Criciúma, em 8º, chegou a 34, distante apenas cinco pontos do G4. 
E já na próxima terça-feira (26), o CRB terá pela frente, a partir das 20h30, adversário que luta na parte de cima da tabela: o Vila Nova, no Estádio Serra Dourada,  em Goiânia-GO. Mais cedo, o Criciúma vai receber o Figueirense, às 19h15, no Estádio Heriberto Hülse.

CRB 1x2 Criciúma
Confira os melhores momentos da partida!
O jogo

Partida teve momentos de muita disputa no setor de meio-campo
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS






























O CRB iniciou a partida pressionando o Criciúma. Logo aos 6 minutos, Chico bateu escanteio e Neto Baiano quase abriu o placar para o Galo, após desvio de Élvis no primeiro pau. E o atacante regatiano estava mesmo disposto a atrapalhar a vida do Tigre. Dois minutos depois, Neto foi lançado em profundidade e não desistiu da jogada. Atabalhoado, o goleiro Luiz deixou a pequena área e por pouco o atacante regatiano não marcou. 
Mas o Criciúma foi se soltando, chegando com perigo na velocidade do atacante Silvinho. Primeiro aos 18 minutos, quando fez grande jogada pela esquerda, mas, antes que concluísse, Flávio Boaventura cortou. Depois, aos 20, o camisa 11 cruzou para Lucão, que finalizou à direita do goleiro Edson Kölln.

Élvis marcou um golaço de falta, mas não evitou a derrota regatiana
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
































Em resposta, o Galo abriu o marcador em jogada de Neto Baiano, que, aos 26 minutos, foi derrubado na entrada da área por Barreto. O árbitro assinalou falta para o Galo. Élvis, com categoria, bateu no ângulo e abriu o placar para o CRB, para a alegria do torcedor no Rei Pelé: 1x0.
Porém, a torcida alvirrubra não teve muito tempo para comemorar. Aos 33 minutos, após cobrança de falta na área regatiana, Neto Baiano desviou contra o próprio patrimônio, em lance no primeiro pau, e o Tigre acabou igualando a disputa no Trapichão: 1x1. 
No segundo tempo, o CRB voltou disposto a tentar a vitória, mas o time aparentava certo nervosismo, buscando o resultado positivo a qualquer custo. Eram muitos os erros de passe, enquanto o Criciúma seguia com a postura de explorar o contragolpe. E num erro do time da casa, Silvinho recebeu lindo passe, ficou cara a cara com o goleiro e mandou um foguete para virar o marcador: 2x1. 

Silvinho marcou o gol da vitória do Tigre na etapa final
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS













Após tomar o segundo gol, o CRB partiu por inteiro ao ataque, mas insistindo na ligação direta, o que facilitava a marcação do Criciúma. Insatisfeito, Mazola mexeu três vezes, colocando Marion, Rodolfo e Pablo nos lugares de Marcos Martins, Élvis e Chico, respectivamente. 
Mesmo com tantos jogadores de ataque, o Galo seguiu abusando dos cruzamentos, sem espaço para a conclusão em gol. Já aos 35, o árbitro marcou pênalti de Tony em Lucão, do Criciúma, mas Silvinho - autor do segundo gol - desperdiçou, mandando a bola no travessão. 
E a última oportunidade do time da casa na partida veio aos 44, quando Tony chutou de longe, mas mandou para fora. Na base da vontade, o Galo seguiu tentando ao menos o empate, mas o placar permaneceu inalterado até o apito final. 
Palavra do professor
Após a derrota o técnico Mazola Júnior falou sobre a partida:
- Saio frustrado com o resultado porque nós não merecíamos a derrota, apesar do Criciúma ter tido um bom desempenho na marcação. Mas fico feliz com o esforço da equipe porque os jogadores foram muito aguerridos hoje.
Mazola também disse que o CRB precisa melhorar o fator psicológico para a sequência da competição:
- A fase é complicada e, por isso, estamos tendo mais problemas com o nosso psicológico do que com a parte técnica. Mas o grupo tem qualidade e vamos trabalhar para melhorar e sair deste momento indigesto. 
NM com Gazetaweb.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA