Image Map
Image Map
Image Map

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

CSA vence o Parnahyba por 1 a 0 no jogo de ida do pré-Nordestão

FOTO: WENNER TITO/GLOBOESPORTE.COM
A boa fase do CSA parece não se resumir apenas a Série C. É que na noite desta terça-feira (15), o time reserva do Azulão venceu o Parnahyba-PI, por 1 a 0, fora de casa, na primeira partida da fase preliminar da Copa do Nordeste. O único gol do jogo foi marcado ainda no primeiro tempo pelo zagueiro Lobão, aos 40 minutos.
Com o resultado, a equipe do Mutange traz uma boa vantagem para Maceió, já que o time terá a vantagem do empate para carimbar a classificação para a Copa do Nordeste de 2018. O jogo de volta acontece na próxima terça-feira (22), no Rei Pelé, às 21h. 
Antes disso, a equipe maruja encara o Confiança-SE, no próximo sábado, às 17h no Estádio Batistão, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. A partida que inclusive pode garantir o time alagoano na próxima fase da competição.
O jogo
Em um campo bastante castigado, as duas equipes tiveram muita dificuldade na troca de passes, o que fez as ligações diretas e os cruzamentos tomarem conta da partida. Situação que dificultou ainda mais a situação do CSA, que jogou com uma equipe reserva, preservando o time titular para a disputada da Série C. Seguindo essa tônica, o primeiro tempo foi bem equilibrado, apesar de poucas chances de gols para os dois times. 
Os donos da casa só conseguiram chegar ao gol do CSA aos 18 minutos, em um cruzamento colocado na área onde o zagueiro Gilmar apareceu sozinho para cabecear, mas pegou mal na bola e ela passou por cima do gol de Cajuru. 
O Azulão só conseguiu responder com o mesmo perigo aos 27 minutos, também em uma bola alçada na área pelo lateral-esquerdo Raul Diogo, que achou o atacante Samurai sozinho. O atleta cabeceou e a bola passou perto do gol de Naylson.
E aos 40 minutos, a equipe maruja balançou as redes. Em escanteio cobrado na área do Parnahyba, o Samurai desviou de cabeça e sobrou para o zagueiro Lobão, sozinho, dominar e mandar uma bomba para o fundo das redes, sem chances para o goleiro. Depois do gol o Tubarão não conseguiu agredir o Azulão, que acabou a primeira etapa à frente do placar.
Segundo tempo
Repetindo o que foi a primeira etapa, o jogo seguiu com os cruzamentos como os principais lances de ataques dos dois times. Com a vantagem no placar, o CSA ficou esperando para sair nos contra-ataques.
E mesmo precisando do resultado, o Parnahyba teve muita dificuldade para criar chances de gols. Tanto que a primeira chance de gol foi do Azulão, aos 14 minutos. Clebinho bate falta na área, novamente o Samurai aparece para mandar para o gol, mas a defesa conseguiu colocar para escanteio.

O time da casa, buscando o resultado teve mais chances na segunda etapa, mas o taque não conseguiu aproveitar as chances criadas, como aos 32 minutos, com Gênesis, que recebeu na entrada da área, mas acabou chutando muito forte a boa passou longe do gol.
E logo em seguida, aos 35, em uma cobrança de falta, o goleiro Cajuru precisou se esticar para tirar com a ponta dos dedos, o que seria o gol de empate do Tubarão. E o festival de gols perdidos não acabou por ai. No minuto seguinte, o zagueiro Mateus acabou se atrapalhando dentro da área e deixou a bola para Juninho Pindaré dentro da pequena área, que dominou no peito e bateu para fora.
A medida que o jogo ia se aproximando do fim, os donos da casa acabaram foram ficando mais afobados, errando muitos passes e cometendo muitas faltas, algo que favoreceu o CSA, que conseguiu sair com o resultado positivo do Piauí, nesta noite.
NM com Marcio Chagas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA