Image Map
Image Map
Image Map

domingo, 9 de julho de 2017

Ney da Matta vê o Azulão criando mais chances de gol, apesar do 0x0

FOTO: AILTON CRUZ
O resultado de 0x0 contra o Cuiabá, na tarde deste domingo, deixou um gosto amargo no torcedor do CSA, apesar de o seu time ter encerrado esta série dos jogos de ida do Campeonato Brasileiro da Série C na liderança do grupo A, agora com 18 pontos. O treinador Ney da Matta é que vê seu time cada vez mais em ascensão ao ressaltar que nesta partida o Azulão criou mais oportunidades de gol que nas anteriores.
- Infelizmente foi uma tarde infeliz do nosso ataque. Faltou tranquilidade para a bola entrar. Pra mim foi jogo de um time só, pois o adversário limitou-se mais a se defender.
Ney da Matta prosseguiu dizendo que o seu time foi valente e o grupo está com confiança.
- Os estreantes renderam bem, o que nos deixa otimistas para a sequência da competição já que quem entra consegue manter o padrão da equipe. Vêm agora os jogos da volta e manter o ritmo é muito importante para lá na frente atingirmos a meta traçada - concluiu o comandante azulino.
O volante Dawhan, que esteve a ponto de fazer o gol da vitória azulina, salientou que o jogo foi de muita marcação:
- Eles vieram só por uma bola. Criamos, mais infelizmente a bola não quis entrar - disse, minimizando o lance que o zagueiro Rodrigo Lobão, sem querer, acabou alterando a trajetória da bola que iria parar no fundo da rede adversária.
O goleiro Alexandre Cajuru definiu por que o jogo foi difícil:
- Na Série C não tem jogo fácil. É luta intensa a cada 90 minutos. Porém, se a vitória desta vez não veio ao menos um foi assegurado e acredito que lá na frente este ponto vai fazer diferença em nosso favor.
O CSA vai agora enfrentar o ASA, no próximo sábado (8), às 21h, no Estádio Coaracy da Mata Fonseca. Para esta partida, o lateral-direito Dick e o zagueiro Jorge Fellipe estão fora porque contra o Cuiabá receberam o terceiro cartão amarelo. Em compensação, o também zagueiro Thales passa a ficar à disposição após cumprir suspensão pelo mesmo motivo, já que havia recebido o terceiro amarelo diante do Salgueiro.

NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA SOLIDÁRIO