Image Map
Image Map
Image Map

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Direção do CSA nega qualquer proposta por jogador do atual elenco

Além do jejum de vitórias pela Série C do Brasileiro, o CSA, que não vence já há três partidas, estaria prestes a perder mais um jogador - o primeiro foi o volante Everton Heleno, que hoje defende o Atlético-GO. O outro seria mais um jogador de meio-campo: Rosinei, supostamente pretendido pelo Manaus Futebol Clube.
No entanto, a diretoria do Azulão rebate a informação, garantindo que sequer foi procurada. O próprio jogador também assegurou, em conversa com o gerente de futebol Marcelo de Jesus, que nenhuma proposta lhe chegou até o presente momento.
Rosinei foi contratado em maio, logo após o Estadual. Bastante experiente - foi campeão brasileiro de 2005 pelo Corinthians -, Rosinei é o único dos reforços do CSA para a Série C que ainda não estreou porque passou a conviver com lesões desde que desembarcou em Maceió.
Dentro de campo, o elenco azulino segue a preparação para enfrentar o Botafogo-PB, às 16h deste domingo, pela 12ª rodada. Fora dele, o presidente do Conselho Deliberativo do Azulão, Raimundo Tavares, tratou de tranquilizar a torcida azulina, em entrevista, após as reuniões deste início de semana.
- O ambiente no CSA é o melhor possível. Não há absolutamente nada que venha a comprometer o projeto. Todos estão imbuídos da responsabilidade. Quero acreditar que foi apenas uma turbulência normal no futebol. Isso sempre acontece, principalmente numa competição longa como é a Série C, apesar de os jogos serem apenas nos finais de semana.
Contudo, na mesma entrevista, Tavares admitiu que é chegada a hora de a equipe de Ney da Matta definir um padrão de jogo.
- O CSA precisa ter uma definição. Foi o que eu conversei com o Ney [da Matta, treinador], e ele está consciente disso. Se o time foi bastante mudado no último jogo é porque a comissão técnica pensou em melhorar o rendimento da equipe, o que não aconteceu. Quando se pensa em acertar, mas o resultado não vem, não custa nada dar um passinho para trás e fazer um ajuste. O Ney é um profissional extremamente habilidoso e está consciente do que deve ser feito daqui pra frente.
Já quando perguntado sobre o que disse aos jogadores, Raimundo Tavares afirmou ter alertado o grupo de alertado sobre os sucessivos empates:
- O que não pode haver é acomodação porque se está na liderança há algumas rodadas. Estes últimos resultados sem vitórias devem servir de alerta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA