Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

sábado, 3 de junho de 2017

CRB perde para o Oeste-SP por 2x0, cai duas posições e deixa o G4

FOTOESPN Brasil - Uol

O CRB amargou, na noite desta sexta-feira (02), sua primeira derrota na Série B do Campeonato Brasileiro. Jogando na Arena Barueri, o Galo não fez uma boa partida diante do Oeste-SP e, com o placar de 2x0, viu sua invencibilidade de 15 jogos na temporada ir por água abaixo. Além disso, a derrota fora de casa também custou duas posições na tabela - agora, o time do técnico Léo Condé, com sete pontos, é o quinto colocado.

O detalhe é que o representante alagoano ainda pode perder até três posições no complemento da 4ª rodada - que termina somente neste sábado (03), com mais quatro jogos -, distanciando-se ainda mais do G4.

Agora, o CRB já começa a voltar suas atenções para o próximo desafio, quando vai tentar a reabilitação contra o Brasil de Pelotas-RS, na noite da terça-feira (06), no Estádio Rei Pelé. Até lá, o Galo espera já poder contar com o atacante Maílson, que, lesionado, desfalcou a equipe no interior paulista.


Oeste-SP 2x0 CRB
Confira os melhores momentos da partida!

O Rubrão, por sua vez, foi a sete pontos e assumiu a 4ª posição, superando o Galo no saldo de gols. O time comandado por Roberto Cavalo volta a campo também na terça, encarando o Náutico na Arena Pernambuco.

O jogo

O Galo entrou em campo com apenas uma mudança em relação ao time que iniciou a partida contra o Ceará, no Rei Pelé. Isso porque Maílson, lesionado, deu lugar a Elvis, que, ao lado do também meia Chico, ficou com a responsabilidade de criar as jogadas. Porém, quando a bola rolou em Barueri, foi o Oeste quem abriu o placar logo com sete minutos.

Em contragolpe preciso, Mazinho avançou em velocidade pela direita, deixou Elvis na saudade e rolou para o atacante Júlio César, que, de carrinho, só teve o trabalho de completar para o gol vazio, sem chance para Juliano: 1x0.

O time visitante até despertou com o gol, criando boa chance 10 minutos depois, quando Chico recebeu pela esquerda e cruzou na cabeça de Elvis, que, livre de marcação, cabeceou para fora, à esquerda do goleiro Rodolfo, desperdiçando grande oportunidade.

Sem acertar o último passe, o Galo, que chegou a ter mais posse de bola que o rival, tinha muita dificuldade para furar o bloqueio do Rubrão. Com isso, os donos da casa diminuíram o ritmo, mas ainda assustaram em outras duas chances. Numa delas, já aos 36, Mazinho chutou forte de fora da área e obrigou Juliano a fazer boa defesa no canto esquerdo.

Para o segundo tempo, Léo Condé resolveu trocar o meia Edson Ratinho pelo atacante Erick Salles. Mas o Galo seguiu com dificuldade e, já aos 23, o volante Adriano deu lugar ao meia Rodolfo. O time visitante partiu para cima e até chegou à meta do goleiro rubro-negro, mas não fez o bastante para merecer o gol de empate.

Aos 34 minutos, Condé ainda trocou o meia Elvis pelo volante Danilo Pires. O Galo continuou preso à marcação e ainda viu o Oeste ampliar a vantagem em nova jogada de muita velocidade. Júlio César recebeu pela direita e cruzou nas costas de Boaventura, quando o atacante Alexandro, que acabara de entrar, chutou de primeira, estufando a rede do goleiro Juliano: 2x0.

Com o gol, o Rubrão tratou de administrar o grande resultado, gastando o tempo do jogo. No final, ambas as equipes ainda desperdiçaram uma chance cada, com o árbitro encerrando a disputa aos 49 minutos e decretando a primeira derrota alvirrubra na Série B.

NM com Bruno Soriano

Nenhum comentário:

Postar um comentário