Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 20 de maio de 2017

CSA vence o Sampaio Corrêa e é líder no grupo A da Série C

O CSA venceu o Sampaio Corrêa pela segunda rodada da Série C do Brasileirão, na tarde deste sábado (20), no Estádio Castelão, em São Luís-MA. Os gols da partida foram marcados no primeiro tempo. O primeiro saiu logo aos dois minutos do primeiro tempo, com Daniel Costa, enquanto o segundo foi marcado por Marcos Antônio, aos 28.
Com o resultado, o Azulão segue na liderança do Grupo A, com 100% de aproveitamento, cinco gols marcados e nenhum tomado. Mas a equipe maruja não deve estender a comemoração pelo bom resultado longe de casa. Isso porque a equipe de Ney da Matta já começa a voltar suas atenções, na segunda-feira, para mais uma fora de casa, desta vez contra o Botafogo-PB, às 16h do próximo domingo.
O jogo
Os donos da casa deram a entender que iriam pressionar o CSA durante toda a partida. Mas, logo aos dois minutos, o Azulão marcou o primeiro gol do confronto. Em um contra-ataque puxado por Marcos Antônio, o volante tocou para Daniel Costa, que mandou de cobertura para marcar um belo gol no Castelão: 1x0.
O Tubarão acabou sentindo o gol, com o time da casa demonstrando muito nervosismo, sem conseguir criar chances de gol. O CSA, por sua vez, seguiu firme na defesa, saindo bem nos contragolpes. E aos 21 minutos, em mais uma jogada de Marcos Antônio, a redonda sobrou mais uma vez para o meia Daniel Costa, que, desta vez, acertou a trave.
Já aos 28, em mais uma jogada de velocidade, o camisa 7 roubou a bola e tocou para Michel, que devolveu para Marcos Antônio marcar, na falha do goleiro do Tubarão: 2x0. 
O confronto seguiu da mesma maneira até o árbitro encerrar a primeira etapa, com o Sampaio sem conseguir criar o bastante, com CSA investindo nos contra-ataques.
Segundo tempo
Na segunda etapa, o panorama não mudou muito. Os donos da casa continuaram em cima, mas a defesa azulina, bem postada, resistia bem à pressão. E aos 8 minutos, a chance mais clara de gol para o Sampaio veio em cobrança de pênalti cometido pelo zagueiro Thales. Porém, na cobrança de Esquerdinha, o goleiro Mota salvou o CSA com uma bela defesa no canto direito.

Momento da defesa do goleiro azulino no pênalti cobrado por Esquerdinha
FOTO: DIVULGAÇÃO/INTERNAUTA


















Ney da Matta processou as três alterações a que tinha direito, com a saída de Daniel Costa para a entrada de Caique, enquanto Rayro entrou no lugar de Marcos Antônio e Boquita substituiu Thiago Potiguar.
O Tubarão ainda partiu para cima dos minutos finais, mas o CSA soube administrar o grande resultado, gastante o tempo do jogo para somar mais três pontos na competição.
Logo após a partida, o técnico azulino elogiou a postura de equipe, enaltecendo a obediência tática de seus atletas. "Valeu pela luta dos meninos. Foram aplicados taticamente, e isso é importante para um time que quer vencer. E não podemos criar barreiras à comemoração. Não é pecado vibrar e estar alegre pelo resultado. Trabalhamos todos os dias para conseguirmos as vitórias. Porém, precisaremos de muito equilíbrio e humildade", afirmou o comandante azulino.
NM com Marcio Chagas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA SOLIDÁRIO