Image Map
Image Map
Image Map

domingo, 28 de maio de 2017

CSA é derrotado para o Botafogo-PB 2 a 0 e perde a invencibilidade na Série C

FOTO: LUCAS BARROS
O CSA foi derrotado para o Botafogo-PB, por 2 a 0, na tarde deste domingo (28), no Estádio Almeidão, em João Pessoa, na Paraíba. Com o resultado, o Azulão perde a invencibilidade na competição, mas apesar disso, ainda pode manter a liderança do Grupo A, a depender do resultado do confronto entre Remo e Cuiabá. Os gols da partida foram marcados pelo atacante Dico, aos 4 e 23 minutos da segunda etapa.
Em dois confrontos seguidos fora de casa, a equipe Maruja conseguiu uma vitória, por 2 a 0 diante do Sampaio Corrêa no último sábado (20) e acabou sendo derrotada na tarde de hoje pelo mesmo placar.
Agoro Azulão volta para Maceió para enfrentar o Moto Clube, no domingo (4), no Estádio Rei Pelé, às 16h. Já o Botafogo, por sua vez, conquistou a primeira vitória na Terceirona e com o resultado subiu para a quinta colocação do grupo e encara o Salgueiro, dentro de casa.
Primeiro tempo equilibrado
A partida iniciou com um confronto bastante parelho entre os dois times sem muitas chances claras. E a primeira chance de gol apareceu aos 16 minutos no vacilo da zaga azulina. Na bola alçada na área, o atacante Rafael Oliveira apareceu sozinho, mas na hora do cabeceio, mandou a bola para fora.
Depois disso, a equipe Maruja se mostrou bem postada na defesa e só foi incomodada com mais intensidade aos 29, com o nome da partida, Dico. Pelo lado esquerdo ele entrou na área, soltou a bomba e o goleiro Mota fez a defesa em dois tempos.
O CSA respondeu aos 38 minutos, com um contra-ataque puxado por Everton Heleno, que tocou para Marcos Antônio sair em velocidade e mandar uma paulada de fora da área para boa defesa do goleiro Michel Alves. E a primeira etapa acabou desta forma, sem outros lances de destaque.
Dico brilhou
A segunda etapa começou com o Botafogo partindo para cima e logo aos 4 minutos, a bola sobrou para o atacante Dico, dentro da área, chutar e depois da bola desviar na zaga azulina, parar no fundo das redes.
Depois de sofrer o gol, o técnico Ney da Matta, fez duas alterações. Tirando Thiago Potiguar e Everton Heleno, para a entrada de Vanger e Caique, respectivamente. Com isso, o time do CSA partiu para cima em busca do empate. 
Com as investidas da equipe Alagoana, o Belo mexeu e colocou Jadson no lugar de Alysson. E logo depois, o CSA fez a última alteração na partida, saindo Marcos Antônio para a entrada de Raul.
Mesmo com a melhora do confronto, o CSA foi castigado sofrendo mais um gol. E aos 23, na falha da zaga azulina, o atacante Dico recebeu sozinho dentro da área para marcar o segundo dele e da partida.
O Belo ainda perdeu o zagueiro André, expulso depois de receber dois cartões amarelos. O comandante da equipe paraibana ainda fechou mais o time com a saída do atacante Marcinho para a entra de Sapé. E apesar de estar com um homem a mais, o CSA não conseguiu evoluir no ataque e acabou sofrendo a primeira derrota na competição.

NM com Marcio Chagas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA