Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 20 de maio de 2017

ASA se reabilita de derrota na estreia da Série C ao fazer 1x0 no Remo

FOTO: AILTON CRUZ
O ASA, que foi a campo modificado em relação ao jogo passado, sendo a principal novidade a estreia do zagueiro Mauro Viana, tomou a iniciativa assim que houve o apito inicial. Léo Campos, que substituiu Airton na lateral esquerda, avançou e fez o centro para a área do Remo visando Leandro Kível. Mas a zaga remista fez o corte.
Porém, o primeiro real momento de gol na partida foi do Remo. Foi aos 12 minutos com o atacante Nino Guerreiro, que após ganhar da defesa do ASA serviu ao armador João Paulo, que finalizou para defesa parcial do goleiro Carlão. E só não aproveitou o rebote para abrir o placar porque o atacante Téssio, que voltou para ajudar na marcação, cortou em definitivo. Outro bom momento do Remo, que teve chances mais claras no 1º tempo, foi aos 34 minutos, resultado de falha da defensiva do ASA e que quase gerou gol contra do estreante Mauro Viana.
Leandro Kível, autor do gol, protege a bola da investida de marcador
FOTO: AILTON CRUZ




























Gigante melhora e constrói vitória no 2º tempo
O ASA recomeçou a partida desperdiçando grande oportunidade. Lateral-esquerdo Léo Campos foi lançado pelo meia Jhulliam e soltou a bomba, mas isolou quando tinha apenas o goleiro Vinícius à sua frente.
Melhor encaixado na etapa complementar, o ASA foi se impondo principalmente quando a partir dos nove minutos Téssio deu lugar a Jean Carlos.
O gol da vitória veio logo depois, aos 13. Em mais uma jogada pela lateral, agora com Everton pela direita, goleiro Vinícius salvou em duas oportunidades até que no último momento apareceu o atacante Leandro Kível para abrir o placar no Fumeirão.

A vantagem no marcador gerou em alguns momentos desleixo no ASA, que no entanto sempre que ia à frente causava apreensão à defesa adversária, como aos 31 minutos, resultado de triangulação entre Leandro Kível, Jhulliam e finalização de Doda para defesa do goleiro Vinícius.
Nos minutos finais outra grande chance para ampliar o marcador desperdiçada pelo Gigante, pois aos 43 minutos o lateral-esquerdo Airton, assim que entrou em lugar de Léo Campos, recebeu passe e avançou em velocidade para finalizar em diagonal e a bola passar muito perto da trave esquerda do Remo.
Foi o último grande momento da partida, que no 2º tempo teve cinco minutos de acréscimos.
NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA