Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Após primeira derrota, Ney da Matta diz querer ajustar jogadas de velocidade

FOTO: AILTON CRUZ
Ajustar o time no quesito velocidade e explotar um pouco mais as jogadas pelas laterais do campo. É este equilíbrio entre dois fundamentos do futebol que o treinador Ney da Matta afirma buscar para a sequência do CSA no Campeonato Brasileiro da Série C, após o Azulão amargar sua primeira derrota na competição. 
Nesse domingo, atuando em João Pessoa, o CSA perdeu para o Botafogo por 2x0. Suportou o empate até o quarto minuto da etapa complementar. Partiu para cima após as alterações feitas por Ney da Matta, mas acabou tomando o segundo gol em falha da defesa azulina, quando o lateral Celsinho entregou a bola para Dico finalizar sem chance para Mota. 
Após a partida em João Pessoa, o treinador analisou o desempenho do Azulão:
- Mesmo fazendo um bom jogo, a vitória desta vez não aconteceu. Com as mudanças, o time foi para cima, mas o adversário soube se fechar mesmo com um homem a menos.
Na oportunidade, Ney da Matta afirmou também ter detectado outro problema na sua equipe, pois, na opinião do treinador, o time precisa finalizar mais de fora da área.
- Mesmo nos jogos em que vencemos, também detectamos esta deficiência no nosso time. Mas o grupo não deixa de ser competitivo por causa desta derrota, que faz parte de uma competição longa como a que disputamos. Temos toda a semana para aprimorar estes fundamentos, para que possamos melhorar já no próximo jogo. Vamos também ajusta as jogadas de velocidade, que é algo que sempre fiz por onde passei. Quando encaixarmos este fundamento, tenho certeza de que o CSA vai render mais, pois, taticamente considero o nosso grupo um bom time.
Já quando indagado sobre mudanças na escalação, Ney da Matta respondeu ainda ser cedo para falar em troca de peças.
- Alguns reforços ainda estão se condicionando, a exemplo do Caíque, que estava há um bom tempo parado. O Michel (Schmöller) e o Maxuel também são exemplos disso.
Nesta segunda-feira, houve treino no CT Gustavo Paiva, no Mutange, apenas para quem não viajou à capital paraibana. Os demais jogadores vão se reapresentar nesta terça, dando início aos preparativos visando à partida contra o Moto Club, domingo que vem, no Estádio Rei Pelé, pela 4ª rodada da Série C - da qual o CSA ainda é líder no grupo A.

NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário