Image Map
Image Map
Image Map

quarta-feira, 26 de abril de 2017

O que mudou da final de 2016: CRB de técnico novo; CSA baixa idade do time

Foto: Ailton Cruz/
CSA e CRB vão decidir o Campeonato Alagoano pelo segundo ano consecutivo. Em 2016, o Galo ganhou as duas partidas e foi campeão. Agora, o Azulão quer que a história seja diferente. Desde a temporada passada, os clubes sofreram grandes mudanças, seja no comando, seja no elenco. A disputa entre os maiores campeões estaduais começa neste domingo, às 16h, no Rei Pelé.
No Galo, Mazola Júnior deixou o cargo de treinador ao fim de 2016. Em seu lugar, a direção regatiana contratou Léo Condé, que teve o Goiás como seu último clube. Contratações foram feitas. Nomes como Sérgio Mota, Elias, Danilo Pires, Mailson, Jocinei chegaram para reforçar o elenco. A base defensiva foi mantida, apenas com a saída do zagueiro Diego Jussani. A linha de trás é a mesma que atuou em algumas partidas da Série B do ano passado: Juliano; Marcos Martins, Flávio Boaventura, Gabriel e Diego.







O grupo de jogadores do CRB tem sete que participaram da final em 2016. O goleiro Juliano, os zagueiros Audálio e Gabriel, os laterais Rafinha e Diego, o volante Olívio, além do atacante Neto Baiano, que fez um gol em cada confronto da decisão. Para o duelo de domingo, Juliano, Gabriel, Diego e Neto devem ser titulares.
O CSA foi vice-campeão da Série D de 2016 e conquistou o tão esperado acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro. Com isso, os dirigentes mantiveram uma base para este ano, mas as caras novas ganharam espaço no time de Oliveira Canindé. Jovens como o zagueiro Thales e o volante Dawhan são titulares quase que indiscutíveis.
Do atual elenco azulino, o goleiro Jeferson, os zagueiros Leandro Souza e Douglas Marques, o lateral-esquerdo Rafinha, os meias Cleyton e Didira e o atacante Luís Soares entraram em campo. Jeferson, Douglas, Rafinha e Didira devem começar jogando no duelo de domingo.
CRB e CSA começam a decidir a final do Campeonato Alagoano neste domingo, às 16h, no Estádio Rei Pelé. O mando de campo é do Galo. Por conta disso, apenas os regatianos vão comparecer ao Trapichão. 
VEJA AS ESCALAÇÕES DA FINAL DE 2016

1º jogo - CRB 2x0 CSA - 1º de maio de 2016 - Gols: Diego e Neto Baiano
CRB: Juliano; Jonathan Bocão, Audálio, Diego Jussani e Diego; Olívio (Rafinha), Somália, Rivaldo e Marcos Aurélio (Dakson); Luidy e Lúcio Maranhão (Neto Baiano). Técnico: Mazola Júnior.
CSA: Jeferson; Choco, Leandro Souza, Douglas Marques e Rafinha; Jean Cléber, Didira (Hudson), Cleyton (Bismarck) e João Paulo Penha (Kauhan); Luís Soares e Rafael Oliveira. Técnico: Oliveira Canindé.
2º jogo - CSA 0x1 CRB - 8 de maio de 2016 - Gol: Neto Baiano
CSA: Jeferson; Hudson, Leandro Souza, Douglas Marques e Bruno Santa Rosa (Cleyton); Jean Cléber, Choco, Didira (Bismarck) e João Paulo Penha; Luís Soares e Rafael Oliveira (David Dener). Técnico: Oliveira Canindé.

CRB: Juliano; Jonathan Bocão, Audálio, Gabriel e Diego; Olívio, Somália (Luiz Fernando), Rivaldo e Marcos Aurélio (Matheus Galdezani); Luidy e Lúcio Maranhão (Neto Baiano). Técnico: Mazola Júnior.
NM com Augusto Oliveira/Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA