Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Entenda como fica a Copa do Nordeste em 2018 e 2019 depois das mudanças da CBF

Santa Cruz é o atual campeão Copa do Nordeste (Foto: Ademar Filho / Agência Estado

Uma reunião entre os dirigentes dos clubes nordestinos na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro, oficializou as mudanças na Copa do Nordeste a partir de 2018. As alterações no formato de disputa haviam sido anunciadas em fevereiro: 16 times, ao invés dos 20 das últimas três edições, e uma fase preliminar. Em 2019, o Nordestão passará novamente por modificação: algumas vagas deixarão de ser concedidas através da posição nos campeonatos estaduais e serão destinadas às equipes com melhor posição no ranking nacional de clubes da CBF.

- Foi confirmado o que havia sido discutido antes, com a presença de todos os clubes e assinatura em ata da assembleia – confirmou o presidente da Federação de Futebol do Piauí, Cesarino Oliveira, um dos presentes na reunião.

A principal alteração da Copa do Nordeste será no número de participantes, reduzido de 20 a 16 equipes. Para 2018, classificam-se diretamente os nove campeões estaduais e os vices da três federações melhor ranqueadas (Bahia, Pernambuco e Ceará). As outras quatro vagas virão de uma fase preliminar, disputada em forma de mata-mata, entre os vice-campeões dos outros seis estados (Maranhão, Piauí, Rio Grande do Norte, Paraíba, Alagoas e Sergipe) e os terceiros colocados dos estaduais da Bahia e Pernambuco.

Para 2019, uma mudança importante: as vagas para a fase preliminar deixarão de ser oferecidas pelos estaduais e passarão para os clubes melhor ranqueados dentro de cada estado. 
A Copa do Nordeste, principal competição regional do Brasil, voltou a ser disputada em 2013 com 16 equipes de sete estados da região. A partir de 2015, o torneio passou a incluir representantes de Piauí e Maranhão, contando com 20 clubes. Reduzir o número de participantes e favorecer os clubes melhor ranqueados é uma tentativa de atrair mais atenção à competição e aumentar o público nos estádios. 
Como é o atual formato?
- 20 clubes

- Campeões e vice-campeões dos nove estados participam
- Terceiros colocados dos estaduais da Bahia e Pernambuco também entram  
Como ficará em 2018? 
- 16 clubes
- Nove campeões de cada estado
- Vice-campeões da Bahia, Pernambuco e Ceará
- As outras quatro vagas serão disputadas no pré-Nordestão, mata-mata que terá: seis vice-campeões (MA, PI, RN, PB, AL e SE) mais os terceiros colocados dos estaduais da BA e PE. 
Como ficará em 2019?- 16 clubes
- Nove campeões de cada estado
- O melhor clube da BA, PE e CE no ranking nacional
- Pré-Nordestão, mata-mata, com o melhor ranqueado do MA, PI, RN, PB, AL e SE, além de mais um clube da BA e PE também do ranking.
NM com Arena Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário