Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

domingo, 2 de abril de 2017

Em Arapiraca, ASA vence por 1 a 0 e derruba invencibilidade do CSA no Alagoano

No primeiro clássico da fase hexagonal do Campeonato Alagoano, válido pela segunda rodada, o ASA levou a melhor e venceu o CSA por 1 a 0, na tarde deste domingo (2), no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca. O único gol da partida foi marcado pelo zagueiro Eron, aos 17 minutos do primeiro tempo, com o Gigante a derrubar o último invicto da competição.
Com os resultados da rodada, o Azulão caiu da primeira para a quarta colocação, enquanto o ASA subiu para a segunda posição no hexagonal. 
Já na próxima rodada, a equipe alvinegra vai receber o CEO, no domingo (9), às 16h, também em Arapiraca. Antes, porém, terá compromisso pela Copa do Brasil, encarando o Paraná, em Curitiba, nesta quarta-feira (5).
O Azulão, por sua vez, terá pela frente o clássico das multidões contra o CRB, no Estádio Rei Pelé, também no domingo. Desta vez, a equipe azulina poderá contar com o apoio de seu torcedor, pois, já cumpriu punição imposta pelo STJD.
Veja o único gol da partida:

ASA 1x0 CSA pela 2ª rodada do hexagonal Campeonato Alagoano
Com o resultado, o ASA acabou com a invencibilidade do único invicto da competição.
1º Tempo
O jogo começou bastante truncando, com as duas equipes bem postadas. Prova disso é que a primeira chance de gol saiu apenas aos 14 minutos do primeiro tempo, quando Leandro Kivel aproveitou a falha no recuo da defesa azulina e chutou de fora da área, para o goleiro Mota, bem colocado, fazer uma boa defesa.
E dois minutos depois da chance mais clara de gol, o ASA abriu o placar, aos 16 minutos da etapa inicial. Depois de uma falta pelo lado esquerdo do ataque alvinegro, a bola foi lançada na grande área e o zagueiro Eron desviou para cabecear a redonda, encobrindo Mota: 1x0.
Depois de sofrer o gol, o Azulão começou a sair um pouco mais, em busca do empate. Aos 21, o zagueiro Thales recebeu cruzamento de Daniel Costa e, mesmo subindo sozinho dentro da área, acabou cabeceando para fora.
O ASA respondeu aos 25 minutos, em mais uma cobrança de falta, de bem longe. O lateral esquerdo Léo Campos soltou uma bomba, obrigando o goleiro Mota a fazer boa defesa.
Depois disso, apesar de ter crescido na partida, o Azulão não conseguiu levar tanto perigo à defesa do Alvinegro, facilitando a vida do goleiro Cetin.
2º tempo
O CSA voltou com duas alterações logo de cara para a segunda etapa, com a saída de Daniel Costa, sumido na partida, para a entrada de Didira, além do volante Panda, que também não esteva bem no jogo, dando lugar ao meia Thiago Potiguar.
Com as alterações, a equipe azulina voltou melhor. Mas, apesar da superioridade, quem teve a primeira chance na segunda etapa foi a equipe alvinegra, que, numa falta cobrada pelo lado direito, Léo Campos fez cruzamento que encobriu o goleiro Mota e acertou o travessão.
Depois deste lance, várias alterações aconteceram no confronto. O autor do gol alvinegro, o zagueiro Eron, foi sacado e entrou no seu lugar Anselmo e a entrada de Jean Carlos no lugar de Téssio. O azulão, logo em seguida fez sua última substituição, onde entrou Soares no lugar de Alex Henrique. 
Mesmo buscando o empate, o CSA só veio levar perigo ao gol de Cetin aos 34 minutos, onde em um contra ataque, Cleyton recebeu, faz uma bela finta no marcador e mandou uma bomba para a boa defesa do arqueiro Alvinegro.
Depois deste lance a equipe Alvinegra fez a última alteração e colocou Gaspar no lugar de Léo Campos.
E mesmo o CSA melhor, a equipe do ASA conseguiu defender as investidas azulinas e apenas aos 41 minutos a equipe da capital alagoana teve outra chance. Quando Everton Heleno dominou dentro da área, fez duas belas fintas mas finalizou mal.
NM com Márcio Chagas
Fotos : Alisson Frasão

Nenhum comentário:

Postar um comentário