Image Map
Image Map
Image Map

domingo, 9 de abril de 2017

CSA e CRB protagonizam terceiro empate no clássico, no Alagoano 2017

FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
CSA e CRB ficaram no 0x0, na tarde deste domingo, pela 3ª rodada do hexagonal do Campeonato Alagoano. Este resultado mantém o Azulão na quarta posição, agora com 4 pontos, enquanto que o Galo passa a dividir a primeira colocação com o ASA, ambos com 7 pontos.
Na próxima rodada o CSA vai ao Estádio José Gomes da Costa para enfrentar o Murici, enquanto que o CRB segue em Maceió e vai encarar mais um clássico: agora contra o ASA.
A partida

Muitos foram os momentos ríspidos, como essa entrada de Thales em Elias
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS



























Foi um jogo truncado, principalmente no 1º tempo, com as equipes mais se estudando que buscando a abertura do placar. O CRB começou com mais posse de bola, particularmente no setor esquerdo com o lateral Diego e o atacante Mailson. Mas foi o CSA que criou a melhor chance de gol na partida. Foi aos 17 minutos, através de cobrança de falta do lateral-direito Celsinho e que encontrou três companheiros livres. Porém, o máximo que conseguiram, Dawhan e Thales, foi raspar na bola com o bico da chuteira e permitir defesa do goleiro Juliano sem dar rebote.

Mota tira com soco tentativa de gol do zagueiro Flávio Boaventura
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS


























O Azulão chegou até a balançar a rede do Galo, mas não valeu. Foi aos 29 minutos, quando Jacó recebeu lançamento da esquerda e ganhou do zagueiro Flávio Boaventura na disputa de bola e antes de tocar para o fundo da rede. Porém, o atacante azulino estava adiantado e, portanto, o gol foi anulado.
No intervalo o treinador Oliveira Canindé tirou Marcos Antônio, atleta mais de marcação, e colocou Didira, mais de criação. O CSA melhorou no 2º tempo. Daí a partida ficou mais equilibrada, porém quem teve a bola do jogo na etapa complementar foi o CRB, quando aos 21 minutos, através de cobrança de escanteio, o goleiro Mota teve que espalmar para fora de área finalização que tinha endereço certo.
Daí em diante o que se viu foi os dois times falharem na última bola nos momentos e contra-ataque. O CSA, que teve que tirar Cleyton, lesionado, quase termina a partida com menos um em campo. É que Luís Soares, seu substituto, também se machucou e terminou a partida andando em campo porque o Azulão já havia feito as três alterações.
NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA SOLIDÁRIO