Image Map
Image Map
Image Map

terça-feira, 18 de abril de 2017

Com o retorno de três titulares, CRB vai mais fortalecido para duelo em Murici

foto: Ailton Cruz
Yuri, Chico e Elias serão as novidades do CRB no próximo desafio pelo Campeonato Alagoano. Às 21h45 desta quarta-feira, no Estádio José Gomes da Costa, em Murici, o Galo vai enfrentar o time de mesmo nome, no primeiro confronto entre ambos pelas semifinais do Estadual. E é com a mesma disposição demonstrada contra o CEO, nesse domingo, quando o Galo entrou em campo já classificado e venceu seu compromisso em Olho d'Água das Flores, que o time do técnico Léo Condé deve entrar em campo.
Porém, para ter força máxima, a comissão técnica ainda depende do departamento médico porque o atacante Mailson segue em tratamento. A exemplo dele, Sérgio Mota e Clebinho também se recuperam de lesões.
Forçado a mexer por causa de suspensões, apesar de também ter mudado a equipe para poupar algumas peças, o treinador Léo Condé destacou o desempenho do seu time nesse domingo, no Sertão alagoano
"Fiquei satisfeito pela entrega dos jogadores do começo ao fim da partida, mesmo com nosso time já classificado. Todos, inclusive os reservas, corresponderam contra o CEO. Nosso time se impôs desde o primeiro momento em que a bola rolou, e é este espírito que tem que ser levado para a próxima fase. Isso é extremamente importante porque é o que vai definir os finalistas. E o hexagonal mostra que estamos em ascensão. Foram quatro vitórias e um empate num campeonato marcado pelo equilíbrio", analisou.
Sobre o adversário que vem, Condé lembrou o fato de o Murici ter feito boa campanha na Copa do Brasil. "O Murici nos deu muito trabalho no primeiro jogo do hexagonal. Trata-se de um adversário que avançou até a terceira fase da Copa do Brasil. Nosso time terá de trabalhar duro para conseguir um um bom resultado no campo deles", destacou o treinador.
Quanto a atuar por dois resultados iguais, Condé afirmou que a vantagem não afasta a necessidade de a equipe jogar com absoluta seriedade.
"Sobre a vantagem por nós alcançada, ela é importante a partir do momento em que conseguirmos produzir dentro de campo. Temos que entrar em campo com seriedade para fazermos um bom primeiro jogo. Caso contrário, a vantagem não terá nenhuma serventia para nós", concluiu Léo Condé.
NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA