Image Map
Image Map
Image Map

quarta-feira, 8 de março de 2017

Uefa estuda afastar o árbitro de Barça e Paris Saint-Germain, diz jornal

Árbitro da histórica vitória do Barcelona por 6 a 1 para cima do Paris Saint-Germain, o alemão Deniz Aytekin pode ser afastado pelo Uefa por causa de sua atuação desta quarta-feira. Quem garante isso é o jornal espanhol "Marca" em matéria publicada nesta quinta. Segundo o jornal, o italiano Pierluigi Collina, membro do Comitê de Arbitragem da entidade que organiza o futebol na Europa, esteve no Camp Nou e nos próximos dias tomará uma decisão sobre o futuro do alemão nesta temporada.
A Uefa não pode sancionar um juiz, mas sim adotar medidas para rebaixar a sua classificação ou até mesmo afastar por tempo indeterminado. Dessa forma, a segunda opção deverá ser adotada, e assim o alemão não deverá trabalhar mais nesta edição da Liga dos Campeões da Europa. Ainda segunda a publicação, essa é uma maneira de Collina mostrar aos árbitros os seus erros, uma vez que os equívocos de Aytekin foram de interpretação e não aplicação do regulamento. 
Deniz Aytekin foi criticado por sua atuação em Barcelona e PSG (Foto: Reuters)Deniz Aytekin foi criticado por sua atuação em Barcelona e PSG (Foto: Reuters)
Por outro lado, a Federação Alemão de Futebol (DFB, em alemão) classificou a atuação do árbitro como "muito boa", segundo outro jornal espanhol, o "AS". Ainda de acordo com a matéria, além dos elogios, uma pessoa da DFB encontrou argumentos para justificar o pênalti marcado de Marquinhos em Suárez, aos 45 do segundo. Na cobrança, Neymar deixou o Barça a um gol da "remontada" e, no fim, Sergi Roberto fez o gol da vitória.
Pierluigi Collina, ex-árbitro (Foto: AFP)Pierluigi Collina é membro do Comitê de Arbitragem da Uefa (Foto: AFP)
Após perder por 4 a 0 no jogo ida das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa, o Barcelona conseguiu a chamada "remotada" e venceu o Paris Saint Germain por 6 a 1. Com a soma dos placares, o Barça avançou às quartas de final. Durante a partida, os dois lados reclamaram de pênaltis em seu favor, além de um cartão vermelho não dado a Neymar por um pontapé em Marquinhos já no segundo tempo.
NM com Globoesporte.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA