Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

segunda-feira, 27 de março de 2017

"Tem que acabar", diz Léo Condé sobre má fase do ataque regatiano

O segundo clássico entre CRB e CSA pela primeira fase do Campeonato Alagoano acabou mais uma vez empatado, na tarde deste domingo (26), no Estádio Rei Pelé. O Galo terminou a primeira fase como líder do seu grupo e com a terceira posição na classificação geral.
E embora tenha conseguido uma classificação inconteste, o time regatiano não tem convencido nas últimas partidas. Reflexo disso está na "seca" de gols da equipe alvirrubra, que não marca já há quatro partidas. 

Após o clássico, o comandante regatiano comentou o resultado e falou sobre o aproveitamento do seu ataque na temporada.
"A equipe apresentou um poder de reação. Conseguimos fazer um jogo de imposição desde o início. Criamos boas situações de gol, e eles [CSA] tiveram umas duas chances de contra-ataque. Saio triste por não ter conseguido a vitória, mas satisfeito com o poder de reação que nossa equipe apresentou. Espero eu que, neste hexagonal, possamos entrar com a mesma postura diante do adversário, para que tenhamos mais qualidade. Mas, de um modo geral, tenho certeza de que esta equipe chegará forte, em busca do tricampeonato", analisou.
Para Condé, o time voltou a criar boas chances, assim como aconteceu contra o Itabaiana-SE, no mesmo Rei Pelé - pela Copa do Nordeste, o Galo também não saiu do zero, quarta-feira passada, e acabou eliminado da competição regional.
"Vamos continuar focando nisto, para continuarmos criando chances de gols. Não é possível que vamos ter esta quantidade toda de chances, sem que o gol saia. Nossos atletas podem estar ansiosos em determinado momento da partida, mas acredito que esta fase vai passar. Nossos jogadores de frente vão voltar a fazer os gols", disse, confiante.
Após a partida, a Federação Alagoana de Futebol (FAF) divulgou a tabela do hexagonal. E o primeiro confronto do Galo será na próxima quinta-feira (30), às 20h, no Estádio Rei Pelé, contra o Murici. Este será o último jogo de portões fechados à torcida regatiana, findando, assim, a punição imposta pelo STJD.
NM com Marcio Chagas

Nenhum comentário:

Postar um comentário