Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 25 de março de 2017

Saiba o que cada equipe precisa fazer para chegar ao hexagonal do Alagoano

A primeira fase do Campeonato Alagoano será encerrada neste domingo (26), com todos os jogos sendo realizados às 16h. E apesar de quatro equipes já estarem garantidas no hexagonal, outras quatro ainda brigam por classificação,  fazendo as contas para mostrar a situação de cada time nos confrontos da 10ª e última rodada, vimos que:
No grupo A, o CRB já está classificado. Ainda que saia derrotado no clássico, não poderá ser ultrapassado pelo segundo colocado, o CEO, que tem apenas 12 pontos, seis a menos que o Galo. Porém, a equipe regatiana deve entrar em campo com força máxima, a fim de somar a primeira vitória diante do arquirrival, pelo Alagoano.
O CEO, por sua vez, é a outra equipe da chave que também está classificada. O representante sertanejo soma 12 pontos e não mais pode ser ultrapassado pelo quarto colocado Murici, em virtude do número de vitórias. 

Clássico pode definir o melhor classificado do Alagoano no geral
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
A única situação em aberto no grupo A envolve Sete de Setembro e Murici. É que as duas equipes chegam à última rodada entre o "céu e o inferno". O time do Tabuleiro do Martins é o terceiro colocado, com 10 pontos, e está na zona de classificação, enquanto o Verdão soma um ponto a menos e segue entre os quatro clubes que, hoje, vão disputar o quadrangular da permanência - que vai definir os dois rebaixados. 

Por fim, ainda pela chave A, o Miguelense, com apenas cinco pontos, já está no quadrangular da morte.
Já no grupo B, a situação é bastante parecida. A única diferença está na disputa pela liderança do grupo e pela classificação geral - o líder CSA e o vice-líder ASA seguem na briga. Os rivais estão separados por apenas dois pontos e, apesar de já garantidos no hexagonal, querem o topo da tabela. 
Para seguir em 1º, o Azulão precisa vencer o Galo para, independentemente do resultado do ASA, avançar com a melhor campanha do Estadual até aqui. O Gigante, por sua vez, também precisa vencer e torcer que o CSA ao menos empate no Rei Pelé - dessa forma, ultrapassaria o rival no número de vitórias. Conforme o regulamento, CSA, ASA e CRB terão a vantagem de jogar em casa os três dos cinco jogos da próxima fase.
Outra disputa acirrada envolve a terceira colocação e, por conseguinte, a última vaga da chave no hexagonal. Com o mesmo número de pontos e em igualdade em quase todos os critérios de desempate, Santa Rita e CSE estão separados pelo saldo de gols, e apenas por três tentos de diferença. 
Neste grupo, o Coruripe - com apenas cinco pontos em nove jogos - já está no quadrangular da permanência.

Confira a tabela de classificação do Campeonato Alagoano 2017
FOTO: FAF/REPRODUÇÃO



















Veja o que cada equipe precisa fazer para garantir vaga no Hexagonal:
Grupo A:
Sete de Setembro: mandante da partida contra o CSE, o time do Tabuleiro precisa vencer sua partida para não depender de outro resultado. Em caso de empate ou derrota, precisará torcer para que o Murici não vença.
Murici: joga dentro de casa contra o já eliminado Miguelense. Apenas a vitória interessa. Precisa ganhar seu jogo e torcer para que o Sete não vença sua partida. 
Grupo B:
Santa Rita: precisa vencer seu confronto diante do CEO, fora de casa, e torcer para que o CSE não vença. Também pode se classificar se somar apenas um ponto, desde que o Tricolor também empate. 
Caso Santa Rita e CSE vençam, o time de Boca da Mata superaria o rival no saldo de gols e, portanto, estaria classificado - hoje, o time de Boca da Mata tem apenas 1 gol de saldo, contra dois negativos do representante de Palmeira dos Índios.  
CSE: precisa vencer o Sete de Setembro fora de casa, além de torcer para que o Santa não vença. Em caso de vitória simples da equipe de Boca da Mata, o time de Palmeira terá de vencer por pelo menos quatro gols de diferença para superá-lo no saldo - que é o segundo critério de desempate.
NM com Bruno Soriano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJA SOLIDÁRIO