Image Map
Image Map
Image Map

quinta-feira, 16 de março de 2017

CSA bate o Coruripe por 3 a 0 e volta a liderar seu grupo no Alagoano

Foto :Ailton Cruz
Com o placar construído no 1º tempo, o CSA derrotou o Coruripe por 3x0 e retomou a liderança do grupo B do Campeonato Alagoano, agora com 23 pontos. A partida, disputada na noite desta quarta-feira no Estádio Rei Pelé, foi mais uma com portões fechados como sequência da punição imposta pelo STJD ao Azulão.
A sétima vitória azulina no Estadual 2017 começou aos 5 minutos, com mais um gol assinalado pelo volante Everton Heleno, que se isola mais ainda na artilharia com oito gols. Complementar o resultado o atacante Luís Soares e o zagueiro Thales.
Na próxima rodada, a que vai encerrar a fase classificatória, o CSA vai disputar mais um clássico com o CRB, enquanto que o Coruripe receberá a visita do ASA. Estes jogos estão programados para o dia 26. Detalhe que com esta derrota o Hulk já não tem mais nenhuma chance de classificação, pois com 5 pontos só pode chegar a 8, enquanto que o terceiro colocado da chave A - CEO - já soma 9 pontos. Portanto, o Coruripe já está no quadrangular da permanência, que também vai apontar quem cai para o 2ª divisão em 2018.
Como foi
O treinador Oliveira Canindé decidiu repetir o time que começou o clássico de domingo passado. E deu certo já de cara porque assim que a bola rolou o atacante Jacó sofreu pênalti. Volante Everton Heleno foi para a cobrança e aos 5 minutos fez seu oitavo gol no campeonato.

Time do Coruripe foi totalmente envolvido pelo CSA no Trapichão
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
O CSA imprimiu ritmo forte e quem ditou o jogo foi o meia Daniel Costa. Aos 19 minutos ele tabelou com Jacó e este só não fez o gol porque goleiro Igor se esticou e espalmou para escanteio. Um minuto após, na cobrança do corner, Daniel Costa levantou a bola para a área do Coruripe e o atacante Luís Soares escorou de cabeça para ampliar.
Aos 23 minutos, jogando em velocidade, o CSA quase chegou ao terceiro. Atacante Jacó passou pelo zagueiro Daciel, mas na finalização a bola esbarrou na trave do Hulk e ninguém chegou para aproveitar o rebote.
O Azulão definiu o placar aos 34 minutos. Meia Daniel Costa cobrou outro escanteio e agora quem apareceu livre de marcação para balançar a rede adversária foi o zagueiro Thales.
O Coruripe, perdido em campo, quase sofre o gol logo em seguida, com a chegada de surpresa do volante Dawhan, só que agora arqueiro Igor praticou grande defesa.
No 2º tempo o CSA diminuiu o ritmo, mas não abdicou de atacar. Em alguns momentos o Coruripe até tentou, porém mais por conta de vacilo da defesa azulina, como em uma falha do zagueiro Douglas aos 3 minutos, mas que o atacante Diego Renato não aproveitou porque errou no momento da finalização.
Apesar de agora impor um ritmo mais cadenciado, o CSA teve sempre o domínio das ações e esteve mais perto do quarto gol do que o Coruripe do gol de honra. Um bom momento do azulão no 2º tempo foi aos 8 minutos, quando o atacante chegou finalizando, mas a bola atingiu o lado de fora da rede do Coruripe. Outro foi aos 28 minutos, quando Daniel Costa deixou mais um companheiro na cara do gol. Agora quem recebeu o passe foi Cleyton, substituto de Luís Soares. Mas goleiro Igor cresceu, evitando o quatro gol azulino.

Meia Daniel Costa ditou o ritmo de mais uma partida sem público
FOTO: AILTON CRUZ
Dois minutos antes o Hulk tentou surpreender com o meia Thiago Dias, que percebeu Mota adiantado e tentou fazer por cobertura da intermediária. Mas goleiro do CSA, atento, evitou o gol do Coruripe defendendo sem dar rebote.
Quando o jogo ia entrando nos acréscimos, Cleyton chegou finalizando, mas a bola resvalou na defesa do Coruripe em mais um escanteio para o CSA. Foi a última real chance de gol na partida, que não tevé sucesso. Final de jogo 3 a 0 Azulão. 
NM com Gazetaweb 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA