Image Map
Image Map
Image Map

sexta-feira, 31 de março de 2017

Canindé tem quebra-cabeça no CSA com Jacó suspenso e volta de Rayro



foto: Ailton Cruz
Fazer o encaixe do CSA tem sido um quebra-cabeça para Oliveira Canindé. Para o próximo jogo, diante do ASA, a suspensão do atacante Jacó e a volta do lateral Rayro deixam dúvidas na equipe. Outras dúvidas também agitam o treinador: um time com dois ou três volantes. Contra o CEO, o técnico colocou Cleyton no lugar do volante Marcos Antônio.
A tentativa com três volantes foi escalada sete vezes nos 18 jogos do ano. Nas últimas partidas, foi usado quatro vezes consecutivas até o jogo contra o CEO. Os clássicos frente ao CRB fortaleceram essa formação. Apesar de repetir o time, Canindé já tinha demonstrado o interesse em jogar com dois meias.
Oliveira Canindé, técnico do CSA (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)Canindé não conta com Douglas, Celsinho e Jacó contra o ASA (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)
Quando o treinador não optar por três volantes, Cleyton e Thiago Potiguar largam na frente para entrar no time ao lado de Daniel Costa. Didira não tem sido titular, Alex Henrique perdeu a posição e Soares rende abaixo do esperado.  
Apesar de estarem em baixa, Soares e Alex Henrique podem voltar ao time. A suspensão de Jacó deixa Canindé sem outra opção de centroavante para o próximo jogo. Com isso, o CSA deve voltar a jogar com um falso nove, que foi usado nas primeiras partidas da temporada.
Além do ataque, também existe disputa por posição na lateral esquerda. Rayro cumpriu suspensão e briga pela vaga com Rafinha, que foi titular contra o CEO. 
Reapresentação
Após a vitória na estreia do hexagonal, os jogadores voltaram aos treinamentos nesta quinta. Os trabalhos foram com portões fechados. Para a próxima partida, diante do ASA, Celsinho e Douglas Marques também estão suspensos por três cartões amarelos. 
NM com Rafael Brito

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA