Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Murici bate América-MG nos pênaltis e vai à terceira fase da Copa do Brasil

Foto: Ailton Cruz
O time do Murici segue fazendo o dever de casa na Copa do Brasil de 2017. Após vencer o Juventude pela primeira fase, na tarde desta quarta-feira, o time alviverde eliminou o América-MG e vai, agora, enfrentar o vencedor do confronto entre Cruzeiro-MG e São Francisco-PA, já pela terceira etapa da competição.
Desta vez, a classificação foi bem mais apertada - no primeiro desafio, aplicou 3x1 nos gaúchos no tempo normal. Agora, ficou no 0x0 com os mineiros, também no José Gomes da Costa, em Murici. 
Com o placar inalterado durante os 90 minutos, a disputa seguiu para a série das cobranças de pênalti, conforme o novo regulamento do torneio, com a equipe do treinador Roberval Davino levando a melhor: 5x4.
Momento do gol que confirmou a classificação do Murici
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS




















Próximo adversário
Com a vaga na terceira fase, o time de Murici faturou outra bolada, já que a premiação para o clube classificado é de R$ 680 mil.

Agora, o Murici vai se preparar para enfrentar Cruzeiro ou São Francisco, em partida que acontece na noite desta quarta, no Pará. Antes, porém, a equipe alviverde terá compromisso pelo Estadual, encarando o ASA no próximo dia 02 de março, em Arapiraca.

A terceira fase é composta por jogos de ida e volta. O local do primeiro duelo será definido por sorteio. Conforme o regulamento, o gol fora de casa segue com valor dobrado e, independentemente do placar em Alagoas, a segunda partida terá de ser realizada.

Como foi

O time da Zona da Mata alagoana encarou adversário de mais tradição no futebol brasileiro de igual para igual e esteve até mais perto da vitória no tempo normal porque o armador Patrick criou boa chance de gol logo aos 8 minutos e o atacante Alexandre aos 15 minutos do 2º tempo. O Murici chegou até a balançar a rede adversária na etapa complementar, mas não valeu. Foi aos 4 minutos, mas o atacante Deysinho foi pego em impedimento.

A única grande oportunidade do América-MG foi aos 10min do 2º tempo, através de cabeçada do lateral-esquerdo Ernandes e que deu susto ao goleiro Dias. Detalhe, no América-MG, foram as entradas, no 2º tempo, do atacante Pilar (ex-CSA) e do meia Gerson Magrão (ex-CRB). Como ninguém criou mais nenhuma oportunidade de gol, o apito final veio aos 48 minutos e a partida teve que ser decidida nos pênaltis.

Quem iniciou a cobrança foi o América-MG, desperdiçando com o atacante Marion, que até tirou do goleiro Dias mas tocou para a linha de fundo.

A partir daí os times foram convertendo em alternância: Kattê (Murici), Tony (América), Deysinho (Murici), Pilar (América), Tarcísio (Murici), Gerson Magrão (América), Patrick (Murici), Rafael Lima (América).

Daí veio a última cobrança da primeira série e o Murici com a grande chance de confirmar a classificação. Porém, o volante Paulo Sérgio bateu e o goleiro João Ricardo defendeu.

Forçada a série extra, a história se repetiu porque o América foi para a cobrança e voltou a desperdiçar, agora com o volante Juninho acertando o travessão adversário.

Logo em seguida, o zagueiro João Paulo foi para a cobrança e converteu, assegurando mais uma classificação para o Murici na Copa do Brasil.

NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário