Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 11 de fevereiro de 2017

CSA toma virada para o Itabaiana e se complica na Copa do Nordeste

Gol de abertura do placar. Mas o CSA não segurou a vantagem no placar
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS




















O CSA foi surpreendido esta tarde no Estádio Rei Pelé ao perder de virada para o Itabaiana por 2x1. Com este placar adverso, o Azulão, com 3 pontos em três jogos, caiu para terceiro lugar no grupo D da Copa do Nordeste e neste momento só não é lanterna porque tem um gol de saldo contra zero do ABC. Já o Itabaiana chega aos 4 pontos e agora é vice-líder desta chave.
Todos os gols foram no 2º tempo. O artilheiro da partida foi o meia Igor, que balançou a rede azulina em duas oportunidades. Quem abriu o placar foi o volante Everton Heleno.
E para o CSA o tempo para descansar é muito curto porque nesta segunda-feira à noite enfrenta o CEO no Estádio Gerson Amaral, agora pelo Campeonato Alagoano.
Como foi
Com a proposta de jogar no erro do adversário, o Itabaiana acabou criando a primeira chance de gol. Foi aos 7 minutos, quando o lateral-esquerdo Janilson avançou e fez o centro para o meia Diego Neves cabecear. A bola quicou no chão, subiu e se perdeu sobre o travessão azulino.
Genivaldo defende com soco. Goleiro do Itabaiana foi um dos destaques da partida
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
































O CSA, que já poderia ter aberto o placar no primeiro minuto graças a uma bola mal atrasada da defesa do Itabaiana e que obrigou o goleiro Genivaldo a sair da área para cortar com os pés quando o meia-atacante Alex Henrique já se aproximava para finalizar, sentiu o susto tomado, mas logo em seguida voltou a ter o domínio do jogo.
Aos 18 minutos deu a resposta através de cobrança de escanteio batida por Rafinha, com Douglas raspando de cabeça e Didira só não abriu o placar porque a bola bateu na zaga do Itabaiana e foi para a linha de fundo.
O melhor momento da partida foi aos 30 minutos, quando Didira deu passe para Alex Henrique, que agora só tendo Genivaldo à sua frente mirou o canto direito mas o goleiro do Itabaiana cortou com os pés para escanteio quando a bola tinha endereço certo.
Como o gol não saiu, o time do CSA foi para o vestiário debaixo de vaia.

No intervalo, o treinador Oliveira Canindé fez uma dupla modificação que deixou o CSA mais agressivo na etapa complementar ao colocar Everton Heleno e o estreante Jeam respectivamente nos lugares de Serginho e Daniel Cruz.

O Azulão pressionou na etapa complementar, mas abusou das jogadas aéreas, facilitando a defesa do Itabaiana, particularmente do goleiro Genivaldo. Porém, jogando com mais rapidez o CSA criou sua melhor chance para marcar aos 23 minutos, quando o também estreante Jacó, que minutos antes entrou no posto de Alex Henrique, foi derrubado pelo zagueiro Tiago Garça na risca da área. Pênalti, convertido quatro minutos depois pelo volante Everton Heleno. A bola entrou rasteira, no canto direito, o arqueiro Genivaldo adivinhou o canto mas desta vez não conseguiu defender.

Logo após o gol sofrido, técnico Ailton Silva mexeu no Itabaiana, colocando Igor no posto de André Beleza. Foi uma mudança que mudaria radicalmente o panorama da partida porque aos 31 minutos Igor sofreu falta de Rafinha na entrada da área maruja. Tiago Garça e Igor se posicionaram para a cobrança e dois minutos após o jogador que sofreu a falta bateu com maestria. A bola foi em direção ao ângulo, goleiro Jeferson ainda tocou nela mas não evitou o empate.

O CSA, que vinha de dois revezes, um deles na própria Copa do Nordeste, se abateu e não demorou para sofrer a virada, pois aos 38 minutos Igor aproveitou sobra do goleiro Jeferson e novamente tocou para o fundo da rede.

Nos instantes finais o Itabaiana por pouco não ampliou, graças a arrojada defesa do goleiro Jeferson diante de finalização do atacante Paulinho Macaíba. Eram 44 minutos e quatro minutos depois a partida foi encerrada com o CSA mais uma vez indo para o vestiário sob forte vaia de sua torcida.

NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA