Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 11 de fevereiro de 2017

CRB segura empate contra ABC, em Natal, e segue na liderança na Copa do Nordeste


Galo obteve bom resultado atuando longe de seus domínios
FOTO: ANDREI TORRES/ABC FC

TEMPO REAL





O CRB segurou a pressão do ABC, jogando fora de casa, no Frasqueirão, e segue na liderança isolada do Grupo D da Copa do Nordeste. A partida aconteceu na noite deste sábado (11), sobre forte chuta, em Natal.
Com o resultado, a equipe alagoana se manteve na liderança isolada do Grupo D, com cinco pontos, seguido de ABC e Itabaiana-SE, ambos com quatro pontos. Em quarto lugar está o CSA, com três pontos.
Agora, o Galo volta a enfrentar o ABC, no returno, no Estádio Rei Pelé. A equipe comandada por Léo Condé vai poder aproveitar o descanso, já que não viajará mais para disputar partidas nesta primeira fase, pois, o único jogo "fora de casa" será contra o CSA, que também manda suas partidas no Trapichão.
O jogo
Investidas do atacante Mailson foram anuladas pela equipe potiguar
FOTO: ANDREI TORRES/ABC FC
O primeiro tempo foi dominado pelo ABC. O CRB mostrou que ainda está com dificuldades no setor ofensivo e insistiu nas jogadas pelo lado esquerdo, com Mailson, que pouco produziu. Apesar de a equipe potiguar jogar melhor, a zaga do Galo segurou as investidas do time abcedista.
Mas, logo aos 12 minutos, o Galo perdeu o volante Yuri, machucado, e teve que queimar uma substituição. A substituição não alterou muito o panorama do jogo. O ABC teve mais posse de bola, mas não soube reverter esta superioridade em gols. 
Mesmo comandando as jogadas, a equipe chegou pouco à defesa regatiana. Nas vezes em que chegou, o ABC só assustou em bolas cruzadas na área ou em bolas paradas.
A única jogada em que o goleiro Juliano foi acionado foi em uma cobrança de falta, onde o arqueiro da equipe alvirrubra precisou se esticar para não tomar um gol de cobertura.
Já pelo lado do CRB, a única chance clara veio só nos acréscimos, depois de um bom lançamento para o atacante Neto Baiano, que chutou forte de fora da área e obrigou o goleiro Edson a fazer uma boa defesa.
Defesa regatiana conseguiu anular o impeto da equipe abcedista
FOTO: ANDREI TORRES/ABC FC































No segundo tempo, a tônica se repetiu e o ABC permaneceu melhor. O técnico Léo Condé ainda deixou a equipe regatiana mais ofensiva com a entrada de Edson Ratinho no lugar de Marcos Martins, além de Maxwell no lugar de Mailson, visivelmente cansado. 
Apesar das mudanças, a equipe não conseguiu impor seu jogo e seguiu a se defender. Quando a partida se aproximava do fim, a equipe do ABC engrossou a pressão, mas a defesa regatiana se sobressaiu até o apito final.
Análise do treinador
O empate foi visto com bons olhos pelo técnico Léo Condé. "A partida foi dentro daquilo que a gente já esperava. Um jogo muito difícil. Tínhamos que suportar a pressão. Levamos a vantagem no returno e, agora, temos três jogos em Maceió. A equipe vem de uma sequencia muito grande, e isso foi importante para o resultado aqui. Além disso, não podíamos nos expor muito".
Ao fim da partida, o zagueiro Adalberto também disse ter aprovado o resultado fora de casa. "Sabemos que é difícil jogar aqui. A equipe segurou o resultado. Saímos de Maceió de ônibus e, hoje, cansamos um pouco, mas levamos para casa este ponto que, no futuro, será importante para conseguirmos a classificação. Sabíamos que era difícil jogar aqui. Tentamos anular o ABC, mas não conseguimos colocar nossos pontos fortes fora de casa", analisou o defensor alvirrubro.
NM com Marcio Chagas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA