Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 21 de janeiro de 2017

CRB vem forte para lutar pelo tri no Alagoano. Estreia na temporada é contra o CSE neste domingo

Bicampeão alagoano, o CRB tem apenas uma meta para o estadual de 2017: conquistar o terceiro título consecutivo. Com técnico novo e plantel mesclado, a diretoria alvirrubra foi buscar uma fórmula bem sucedida para encarar os adversários no Campeonato Alagoano e manter a hegemonia do estado. Toda a linha de defesa de 2016 foi mantida, mas a parte ofensiva da equipe passou por uma reformulação. Da base do ano passado, cinco novidades devem compor o time titular. A pré-temporada começou em 2 de janeiro e foi toda realizada no CT Ninho do Galo, na Barra de São Miguel. No geral, o CRB coleciona 29 taças do Alagoano.
O ano de 2016 foi proveitoso para o Galo, que, além de conquistar o título alagoano, fez a melhor campanha do clube na Série B do Brasileiro. Mas a roda girou e peças importantes que integraram o elenco regatiano deixaram o clube após o nacional: o artilheiro Zé Carlos foi para o Santa Cruz, o meia Gerson Magrão se transferiu para o América-MG e o atacante Luidy acertou com o Corinthians. Quem também não ficou foi o técnico Mazola Júnior, que trocou o CRB pelo Vila Nova. 
Elenco do CRB inicia pré-temporada no Ninho do Galo (Foto: Denison Roma / GloboEsporte.com)Elenco do CRB se apresentou no dia 2 de janeiro, no Ninho do Galo (Foto: Denison Roma/GloboEsporte.com)
Os novatos
Seguindo o ciclo natural, enquanto uns vão outros vêm. A diretoria regatiana tratou de repor as peças que perdeu, foi ao mercado e fechou com 12 novos jogadores, são eles: os laterais Edson Ratinho (ex-Paysandu) e Jefferson Recife (ex-Figueirense); os volantes Yuri (ex-Remo), Adriano (ex-Goiás) e Jocinei (ex-Figueirense); os meias Clebinho (ex-ABC), Danilo Pires (ex-Santa Cruz) e Sérgio Mota (ex-Luverdense); os atacantes Maxwell (ex-RB Brasil), Elias (ex-Sampaio Corrêa), Maílson (ex-Paysandu) e João Paulo Penha (ex-Fortaleza). 
O Galo promoveu ainda três jogadores da base: o goleiro Lucas, o zagueiro Renan e o atacante Dudu. Vale lembrar que, Bruno Nascimento, Altair, Rafinha e Jônata, revelados pelo clube, já estão treinando com o profissional desde o ano passado. O time base do CRB para o estadual tem: Juliano; Marcos Martins, Boaventura, Gabriel e Diego; Yuri, Adriano, Clebinho e Sérgio Mota; Maílson e Neto Baiano.
Time base do Galo: Juliano; Marcos Martins, Flávio Boaventura, Gabriel e Diego; Yuri, Adriano, Clebinho e Sérgio Mota; Maílson e Neto Baiano. Téc: Léo Condé.
 Sem Olívio 
Por causa de doping, o CRB não vai poder contar com o seu principal volante no estadual. Ele, a princípio, só volta em setembro, mas o Departamento Jurídico ainda tenta antecipar o retorno. Sem Galdezani, que deixou o clube, os volantes novatos vão travar uma briga pela vaga de titular. Conhecido do futebol brasileiro, Adriano tem passagem pelo Santos e Goiás. Pelo clube paulista, ele foi campeão da Libertadores em 2011, ao lado de Paulo Henrique Ganso e Neymar. Outro que disputa a vaga é Jocinei, que defendeu o Joinville e Corinthians – no ano passado, ele estava no Bragantino e depois foi emprestado ao Figueirense. Yuri, ex-Remo, também quer sua vaga na equipe. Jogador moderno, que sabe atacar e defender, ele promete agitar a disputa no time de Léo Condé. 
Jogo-treino e Neto Baiano
Sem querer fazer amistoso, o CRB concentrou as atenções no jogo-treino contra o Sete de Setembro, realizado no dia 14 de janeiro. Venceu por 3 a 2, com dois de Neto Baiano e um de Maxwell. Aliás, sem Zé Carlos, Neto se torna o homem de referência do time alagoano. O centroavante terá a sombra do experiente atacante Elias, que defendeu no ano passado o Sampaio Corrêa e disputa a camisa 9. 
Além de ser o "veterano" do time, Neto Baiano é também uma espécie de talismã. Ele fez gol da vitória por 1 a 0 na final do estadual de 2016, contra o CSA. O gol do título (assista abaixo).


De volta
O meia Clebinho veste mais uma vez a camisa do Galo. Essa, aliás, é a terceira passagem do meia no time. A primeira vez foi em 2014, quando disputou 14 jogos pelo CRB, marcando quatro gols; depois ele foi para o ABC para disputar o estadual e em seguida retornou para Maceió para o Brasileiro.
Léo Condé
Com 38 anos, o novo treinador do CRB terá a missão de fazer o time brilhar em 2017. No ano passado, ele comandou o Goiás e o Bragantino e agora ocupa o lugar de Mazola Júnior, que ficou no clube por 17 meses. Em 2015, Condé ganhou projeção com o vice-campeonato mineiro pela Caldense e, agora, no comando do Galo, espera fazer um bom trabalho e ganhar mais projeção no futebol brasileiro. O CRB caiu no Grupo A do Alagoano, ao lado de Murici, Coruripe, Sete de Setembro e CEO.
01
ELENCO

Goleiros:
 Juliano, Bruno, Cris e Lucas (base);

Zagueiros:
 Flávio Boaventura, Audálio, Adalberto, Gabriel e Renan (base);

Laterais: 
Marcos Martins, Edson Ratinho (ex-Paysandu), Rafinha, Diego e Jefferson Recife (Botafogo-PB)

Volantes:
 Yuri (ex-Remo), Jorginho (ex-ASA), Olívio, Adriano (ex-Goiás), Jocinei (ex-Figueirense);

Meias: 
Clebinho (ex-Fortaleza), Bruno Nascimento, Danilo Pires (ex-Santa Cruz) e Sérgio Mota (ex-Luverdense), Danilo Pires (ex-Santa Cruz) ;

Atacantes:
 Maxwell (ex-RB Brasil), Elias (ex-Sampaio Corrêa), Neto Baiano, Mailson (ex-Paysandu), João Paulo Penha (ex-Fortaleza), Jonata (base) e Dudu (base).
02
COMISSÃO TÉCNICA

Léo Condé, técnico do CRB (Foto: Denison Roma)Léo Condé, técnico do CRB (Foto: Denison Roma)

Técnico: Léo Condé

Auxiliar-técnico: Renato Negrão

Analista de desempenho: Henrique Furtado

Preparador físico: Adriano Oliveira

Fisioterapeuta: Bruno Almeida

Médico: Orlando Bahia

Massagista: Assis
.
NM com Globoesporte.com/al

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA