Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Na base do "eu acredito", CRB recebe o Paysandu para tentar colar no G-4

O CRB adota um velho clichê dos pontos corridos. Todos no clube dizem pensar jogo a jogo até o fim da Série B. É uma frase batida, comum nas rodadas finais do Brasileiro, mas explica bem a situação. Os matemáticos avisam que, ao fim do campeonato, se um time chegar aos 64 pontos, tem grandes possibilidades de subir. O Galo não perde nada se pagar para ver. Muito pelo contrário: acreditar é o verbo da moda entre os jogadores. Faltam três partidas, e o CRB precisa de três vitórias. Nesta sexta-feira, o adversário é o Paysandu, às 19h30 (de Alagoas), no Estádio Rei Pelé.
O técnico Mazola Júnior tem problemas com o sistema defensivo. Ele não conta com os volantes Geandro, lesionado, e Glaydson Almeida, suspenso, com três amarelos. O lateral-esquerdo Pery também vai cumprir suspensão. Somália é o substituto natural de Glaydson, mas entrou muito mal no jogo de terça, contra o Tupi. Audálio está cotado para ser titular, e ainda existe a chance de Olívio jogar com um efeito suspensivo. Advogado do clube no Rio, Osvaldo Sestário tenta nesta sexta o recurso no Superior Tribunal de Justiça Esportiva. 
Provável escalação do CRB para pegar o Paysandu no Estádio Rei Pelé (Foto: Arte / GloboEsporte.com)Provável escalação do CRB para pegar o Paysandu no Estádio Rei Pelé (Foto: Arte / GloboEsporte.com)


Devem voltar à equipe o meia Gerson Magrão e o atacante Zé Carlos, poupados em Juiz de Fora. Um é o garçom do Galo no Brasileiro, com sete assistências, e o outro o artilheiro, com nove gols. O zagueiro Gabriel também pode entrar no lugar de Adalberto, e o lateral-direito Marcos Martins deve substituir Bocão.

O CRB tem 55 pontos, ocupa o sexto lugar, e está a quatro pontos do segundo colocado, o Bahia. O terceiro, o Vasco, e o Avaí, o quarto, também têm 59 pontos. Depois de enfrentar o Paysandu, o Galo ainda joga contra o Brasil de Pelotas (fora) e o Luverdense (casa).

O Paysandu está na 13ª colocação, com 45 pontos, e não tem grandes metas na Série B. Não vai cair e nem tem chances de subir. O técnico Dado Cavalcanti perdeu o volante Rodrigo Andrade, machucado, e o atacante Rivaldinho, com desgaste físico. Ilaílson e Ricardo Capanema disputam vaga no meio-campo. No ataque, Leandro Cearense deve jogar.
Bilheteria
Os ingressos estão sendo vendidos por 20,00 (arquibancadas altas e baixas) e R$ 70,00 (cadeiras especiais). Empolgada com a campanha do time, a diretoria regatiana espera que mais de 10 mil pessoas compareçam ao jogo desta sexta. 
HEADER escalacoes 690 (Foto: Infoesporte)


CRB: Júlio Cesar; Marcos Martins, Flávio Boaventura, Gabriel e Diego; Matheus Galdezani, Audálio (Olívio), Roger Gaúcho e Gerson Magrão; Welinton Júnior e Zé Carlos. Técnico: Mazola Júnior.

 Paysandu: Emerson; Roniery, Fernando Lombardi, Pablo e Raí; Augusto Recife, Ilaílson (Ricardo Capanema), Jhonnatan, Cleyton (Celsinho) e Tiago Luís; Leandro Cearense. Técnico:Dado Cavalcanti.
Arbitragem: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO), auxiliado por Edson Antônio de Sousa (GO) e Adailton Fernando Menezes (GO).
NM com Globoesporte.com/al

Nenhum comentário:

Postar um comentário