Image Map
Image Map
Image Map

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Na base do "eu acredito", CRB recebe o Paysandu para tentar colar no G-4

O CRB adota um velho clichê dos pontos corridos. Todos no clube dizem pensar jogo a jogo até o fim da Série B. É uma frase batida, comum nas rodadas finais do Brasileiro, mas explica bem a situação. Os matemáticos avisam que, ao fim do campeonato, se um time chegar aos 64 pontos, tem grandes possibilidades de subir. O Galo não perde nada se pagar para ver. Muito pelo contrário: acreditar é o verbo da moda entre os jogadores. Faltam três partidas, e o CRB precisa de três vitórias. Nesta sexta-feira, o adversário é o Paysandu, às 19h30 (de Alagoas), no Estádio Rei Pelé.
O técnico Mazola Júnior tem problemas com o sistema defensivo. Ele não conta com os volantes Geandro, lesionado, e Glaydson Almeida, suspenso, com três amarelos. O lateral-esquerdo Pery também vai cumprir suspensão. Somália é o substituto natural de Glaydson, mas entrou muito mal no jogo de terça, contra o Tupi. Audálio está cotado para ser titular, e ainda existe a chance de Olívio jogar com um efeito suspensivo. Advogado do clube no Rio, Osvaldo Sestário tenta nesta sexta o recurso no Superior Tribunal de Justiça Esportiva. 
Provável escalação do CRB para pegar o Paysandu no Estádio Rei Pelé (Foto: Arte / GloboEsporte.com)Provável escalação do CRB para pegar o Paysandu no Estádio Rei Pelé (Foto: Arte / GloboEsporte.com)


Devem voltar à equipe o meia Gerson Magrão e o atacante Zé Carlos, poupados em Juiz de Fora. Um é o garçom do Galo no Brasileiro, com sete assistências, e o outro o artilheiro, com nove gols. O zagueiro Gabriel também pode entrar no lugar de Adalberto, e o lateral-direito Marcos Martins deve substituir Bocão.

O CRB tem 55 pontos, ocupa o sexto lugar, e está a quatro pontos do segundo colocado, o Bahia. O terceiro, o Vasco, e o Avaí, o quarto, também têm 59 pontos. Depois de enfrentar o Paysandu, o Galo ainda joga contra o Brasil de Pelotas (fora) e o Luverdense (casa).

O Paysandu está na 13ª colocação, com 45 pontos, e não tem grandes metas na Série B. Não vai cair e nem tem chances de subir. O técnico Dado Cavalcanti perdeu o volante Rodrigo Andrade, machucado, e o atacante Rivaldinho, com desgaste físico. Ilaílson e Ricardo Capanema disputam vaga no meio-campo. No ataque, Leandro Cearense deve jogar.
Bilheteria
Os ingressos estão sendo vendidos por 20,00 (arquibancadas altas e baixas) e R$ 70,00 (cadeiras especiais). Empolgada com a campanha do time, a diretoria regatiana espera que mais de 10 mil pessoas compareçam ao jogo desta sexta. 
HEADER escalacoes 690 (Foto: Infoesporte)


CRB: Júlio Cesar; Marcos Martins, Flávio Boaventura, Gabriel e Diego; Matheus Galdezani, Audálio (Olívio), Roger Gaúcho e Gerson Magrão; Welinton Júnior e Zé Carlos. Técnico: Mazola Júnior.

 Paysandu: Emerson; Roniery, Fernando Lombardi, Pablo e Raí; Augusto Recife, Ilaílson (Ricardo Capanema), Jhonnatan, Cleyton (Celsinho) e Tiago Luís; Leandro Cearense. Técnico:Dado Cavalcanti.
Arbitragem: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO), auxiliado por Edson Antônio de Sousa (GO) e Adailton Fernando Menezes (GO).
NM com Globoesporte.com/al

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA