Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Contra o Paysandu, CRB perde Pery e Glaydson Almeida, mas outros 2 podem voltar

Resultado de imagem para Lateral pery
De volta a Alagoas, o time do CRB já tem trabalho na tarde desta quarta-feira no CT Ninho do Galo. Não há tempo a perder porque na noite da próxima sexta-feira (11) o Galo já volta a campo para enfrentar o Paysandu pela 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.
Para este jogo, que pode representar a volta do CRB ao G4, o técnico Mazola Júnior vai ter os desfalques do lateral Pery e do volante Glaydson Almeida, pois ambos foram advertidos com cartão amarelo diante do Tupi. É o terceiro e vão ter que cumprir suspensão automática. A expectativa fica por conta das voltas do meia Gerson Magrão e atacante Luidy, que desfalcaram a equipe nesta última rodada porque se lesionaram contra o Náutico. O problema de ambos é na perna direita.
Para CRB x Paysandu, às 19h30 (de Alagoas) desta sexta-feira, no Estádio Rei Pelé, os valores dos ingressos são os seguintes: R$ 40,00 (R$ 20,00 meia-entrada) para a arquibancada baixa e alta e R$ 70,00 (preço único) para a cadeira.
Para homenagear a torcida, a direção regatiana anuncia uma promoção: quem comprar ingresso até a próxima sexta-feira, às 14h, vai estar concorrendo a 200 camisas oficiais do CRB. A promoção é válida, também, para todos os sócios-torcedores do clube e os ingressos já podem ser comprados a partir desta quarta-feira.
Os torcedores sorteados serão conhecidos às 16h da próxima sexta-feira. Os felizardos poderão pegar seus uniformes oficiais na segunda-feira (14), no Casarão do Galo, em Jaraguá.
Os pontos de venda para comprar o ingresso e concorrer a uma das 200 camisas oficiais são os seguintes: Estande do Galo (Shopping Maceió), Arena das Torcidas (Amélia Rosa), Poly Sport (Centro) e Poly Sport (Shopping Pátio).
NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário