Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

sábado, 8 de outubro de 2016

Em jogo de oito gols, Paraná vence o CRB e abre distância para o Z-4

O Paraná fez um jogo estranho com o CRB neste sábado, cheio de alternativas. Precisando da vitória para ficar mais longe da zona de risco da Série B, o Tricolor pisou no acelerador no primeiro tempo e fez três gols. Sofreu um pouco na etapa final, mas venceu o jogo na Vila Capanema, em Curitiba, por 5 a 3. Alisson, Diego Tavares, Wellington Reis, Fernandes e Nadson marcaram os gols dos donos da casa; Zé Carlos (duas vezes) e Adalberto diminuíram a diferença no fim do segundo tempo. O resultado acaba com uma sequência de cinco derrotas do time paranista no Brasileiro.
Com 36 pontos, o Paraná segue no 15º lugar, mas abriu nove pontos para o Bragantino, primeiro time no Z-4. Sábado, o Tricolor visita o Joinville, às 16h, em Santa Catarina. O CRB segue com 43 pontos e caiu para a 10ª colocação. Pela 31ª rodada, o Galo encara o Vasco, também no sábado, às 16h30, em São Januário.
Alisson Paraná CRB (Foto: Reprodução/Premiere FC)Alisson marcou o primeiro gol do Paraná (Foto: Reprodução/Premiere FC)


Paraná faz três no primeiro tempo...
O CRB até começou bem. Antes do primeiro minuto, Marcos Martins cruzou da direita, Pitty desviou e o goleiro do Paraná fez uma bela defesa, espalmando para escanteio. O time alagoano teve um certo domínio na primeira parte do jogo, mas começou a cair de produção, sofreu com erros da defesa e foi engolido pelo Tricolor.

Aos 28 minutos, Murilo Rangel mandou uma pancada de fora da área e Juliano defendeu. Na sequência, Nádson bateu escanteio e Alisson subiu livre para abrir o placar. Desnorteado, o Galo ainda sofreu mais dois gols no primeiro tempo. Aos 43, Nadson cobrou falta para o meio da área e, de primeira, Wellington Reis marcou o segundo. Tava fácil. O terceiro saiu aos 45. Karanga acionou Diego Tavares, que invadiu a área, esperou a saída do goleiro e marcou terceiro. 
Diego Tavares Paraná CRB (Foto: Reprodução/Premiere FC)Diego Tavares também deixou o dele (Foto: Reprodução/Premiere FC)
Na etapa final, o Paraná diminuiu muito o ritmo, e o CRB se animou. Um chute venenoso de Lúcio Flávio, do Tricolor, e uma finalização de Marcos Martins, do Galo, mereceram registro nos minutos inciais. Aos 29 minutos, Flávio Boaventura fez uma lambança. O zagueiro escorregou ao tentar dominar a bola na defesa do CRB e colocou a mão na bola. Tinha cartão amarelo e foi expulso de campo. Dois minutos depois, Fernandes recebeu de Nadson e acertou o cantinho esquerdo de Juliano, que voou na bola, mas não defendeu: 4 a 0. 
Tudo parecia resolvido, mas ainda tinha jogo. Aos 36 minutos, Zé Carlos, de cabeça, diminuiu a diferença. O centroavante, que entrou no lugar de Neto Baiano, definiu muito bem o escanteio cobrado por Marcos Martins e animou o time alagoano. Aos 38, Zé, outra vez, pegou rebote na área e bateu sem muita força, marcando o segundo do CRB. O Galo aumentou o ritmo e logo chegou ao terceiro, aos 42, para desespero da torcida paranista. Marcos Martins bateu falta pela esquerda e, de cabeça, Adalberto, deixou o dele: 4 a 3. Empolgado, o CRB foi para cima, mas aos 48, o árbitro viu mão na bola de Gabriel na área do time alagoano. Nadson bateu o pênalti um minuto depois e fechou a conta em Curitiba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário