Image Map
Image Map
Image Map

sábado, 8 de outubro de 2016

Em jogo de oito gols, Paraná vence o CRB e abre distância para o Z-4

O Paraná fez um jogo estranho com o CRB neste sábado, cheio de alternativas. Precisando da vitória para ficar mais longe da zona de risco da Série B, o Tricolor pisou no acelerador no primeiro tempo e fez três gols. Sofreu um pouco na etapa final, mas venceu o jogo na Vila Capanema, em Curitiba, por 5 a 3. Alisson, Diego Tavares, Wellington Reis, Fernandes e Nadson marcaram os gols dos donos da casa; Zé Carlos (duas vezes) e Adalberto diminuíram a diferença no fim do segundo tempo. O resultado acaba com uma sequência de cinco derrotas do time paranista no Brasileiro.
Com 36 pontos, o Paraná segue no 15º lugar, mas abriu nove pontos para o Bragantino, primeiro time no Z-4. Sábado, o Tricolor visita o Joinville, às 16h, em Santa Catarina. O CRB segue com 43 pontos e caiu para a 10ª colocação. Pela 31ª rodada, o Galo encara o Vasco, também no sábado, às 16h30, em São Januário.
Alisson Paraná CRB (Foto: Reprodução/Premiere FC)Alisson marcou o primeiro gol do Paraná (Foto: Reprodução/Premiere FC)


Paraná faz três no primeiro tempo...
O CRB até começou bem. Antes do primeiro minuto, Marcos Martins cruzou da direita, Pitty desviou e o goleiro do Paraná fez uma bela defesa, espalmando para escanteio. O time alagoano teve um certo domínio na primeira parte do jogo, mas começou a cair de produção, sofreu com erros da defesa e foi engolido pelo Tricolor.

Aos 28 minutos, Murilo Rangel mandou uma pancada de fora da área e Juliano defendeu. Na sequência, Nádson bateu escanteio e Alisson subiu livre para abrir o placar. Desnorteado, o Galo ainda sofreu mais dois gols no primeiro tempo. Aos 43, Nadson cobrou falta para o meio da área e, de primeira, Wellington Reis marcou o segundo. Tava fácil. O terceiro saiu aos 45. Karanga acionou Diego Tavares, que invadiu a área, esperou a saída do goleiro e marcou terceiro. 
Diego Tavares Paraná CRB (Foto: Reprodução/Premiere FC)Diego Tavares também deixou o dele (Foto: Reprodução/Premiere FC)
Na etapa final, o Paraná diminuiu muito o ritmo, e o CRB se animou. Um chute venenoso de Lúcio Flávio, do Tricolor, e uma finalização de Marcos Martins, do Galo, mereceram registro nos minutos inciais. Aos 29 minutos, Flávio Boaventura fez uma lambança. O zagueiro escorregou ao tentar dominar a bola na defesa do CRB e colocou a mão na bola. Tinha cartão amarelo e foi expulso de campo. Dois minutos depois, Fernandes recebeu de Nadson e acertou o cantinho esquerdo de Juliano, que voou na bola, mas não defendeu: 4 a 0. 
Tudo parecia resolvido, mas ainda tinha jogo. Aos 36 minutos, Zé Carlos, de cabeça, diminuiu a diferença. O centroavante, que entrou no lugar de Neto Baiano, definiu muito bem o escanteio cobrado por Marcos Martins e animou o time alagoano. Aos 38, Zé, outra vez, pegou rebote na área e bateu sem muita força, marcando o segundo do CRB. O Galo aumentou o ritmo e logo chegou ao terceiro, aos 42, para desespero da torcida paranista. Marcos Martins bateu falta pela esquerda e, de cabeça, Adalberto, deixou o dele: 4 a 3. Empolgado, o CRB foi para cima, mas aos 48, o árbitro viu mão na bola de Gabriel na área do time alagoano. Nadson bateu o pênalti um minuto depois e fechou a conta em Curitiba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário