Image Map
Image Map
Image Map

domingo, 4 de setembro de 2016

Partiu Série C! CSA vence o Ituano por 1 a 0 e conquista o acesso à 3ª divisão

O CSA encarou o Ituano na tarde deste domingo (4), no Estádio Rei Pelé, pelo segundo jogo das quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D. O jogo foi o decisivo na luta pelo acesso para a Série C do próximo ano. O Azulão, que já havia vencido a primeira partida, no Estádio Doutor Novelli Júnior, em Itu por 2 a 1, voltou a vencer por 1 a 0. Cleyton marcou para a equipe maruja. Com o resultado, o time alagoano foi promovido para a terceirona do ano que vem e avançou para as semifinais da quarta divisão.
Com a vantagem do primeiro jogo, o Azulão precisava apenas administrar a partida de hoje para subir para a terceira divisão do futebol nacional. Com o 2 a 1 a seu favor no primeiro jogo, bastava um empate para alcançar o principal objetivo do ano.
O apoio da torcida não poderia ser diferente dos jogos anteriores. Milhares de azulinos lotaram o Estádio Rei Pelé e pintaram as cores do clube em todo o Trapichão. Os torcedores incentivaram e empurraram a equipe do primeiro ao último minuto.
Torcida azulina lota o Rei Pelé e empurra a equipe para a Série C
FOTO: AILTON CRUZ / GAZETA DE ALAGOAS


















O técnico Oliveira Canindé optou por escalar a mesma equipe do jogo passado. Mesmo com Everton Heleno recuperado de lesão, o treinador azulino preferiu deixar Marcos Antônio ao lado de Panda na contenção do meio-campo.
O jogo
Jogando em casa e com toda a torcida a favor, o Azulão começou a partida tomando as iniciativas de jogadas ofensivas. O time alagoano teve mais volume de jogo e aos 21 minutos, o CSA chegou com perigo pela primeira vez nas partida. Bismarck cobrou falta na área e Douglas Marques cabeceou muito perto do gol.
O Ituano tentava investir no ataque, mas pouco ameaçou o gol do goleiro Jeferson. Aos 32 minutos, o Azulão conseguiu aumentar ainda mais a sua grande vantagem no confronto. Jônas Obina puxou contra ataque e passou para Cleyton, que sozinho, estufou as redes do Ituano e abriu o placar para o CSA.
Cleyton marcou o gol que carimbou o acesso do Azulão
FOTO: AILTON CRUZ / GAZETA DE ALAGOAS


















Com a vantagem ainda maior, o CSA passou a diminuir o ímpeto e passou a administrar a posse de bola e dominou por todo o primeiro tempo da partida.
Na volta para o segundo tempo, o Ituano voltou para o tudo ou nada. O time paulista a essa altura precisava de pelo menos 2 gols para conseguir forçar a disputa de pênalti. 
Mas foi o Azulão que chegou com perigo pela primeira vez. Bismarck lançou para Jônatas Obina, que não conseguiu finalizar com liberdade, graças a saída do goleiro Fábio, que alcançou a bola a tempo de dividir com o atacante azulino.
O Ituano respondeu aos 8 minutos com Morato cobrando falta direto para a defesa de Jeferson. Na sequência, Pery tentou cruzamento para a área, mas Simião cabeceou para fora. Aos 18, Guly do Prado emendou uma bomba ainda do grande círculo do meio-campo e obrigou Jeferson a fazer uma defesaça.
Com o Ituano adiantado, o Azulão teve mais espaço para contra atacar. Aos 21 da etapa complementar, Cleyton finalizou para a difícil defesa de Fábio. Aos 26 o artilheiro do CSA na Série D obrigou o goleiro do Ituano a fazer mais uma importante intervenção.


O Azulão chegou mais algumas vezes ao ataque, mas não conseguiu a finalização com perfeição. O Ituano, desesperado, também pouco fez para tentar mudar a história do jogo.
NM com Fillipe Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PARCEIROS NA MIRA

PARCEIROS NA MIRA