Image Map
Image Map
Image Map
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui
Texto da legenda da imagem aqui

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Mazola Júnior começa a definir nova formação do CRB diante do Bragantino

O time do CRB tem mais uma sessão de treinamentos na tarde desta quarta-feira, quando do treinador Mazola Júnior deve começar a definir a nova formação do Galo, que no sábado à tarde enfrenta o Bragantino em Bragança Paulista (SP).

A vaga aberta na equipe está no miolo de zaga, em consequência da expulsão de Flávio Boaventura contra o Bahia. Mas em compensação o lateral-direito Marcos Martins e o atacante Neto Baiano voltam a figurar nos planos da comissão técnica após terem cumprido suspensão na rodada passada. O também lateral Bocão segue nos planos graças ao efeito suspensivo obtido na semana passada. Em sessão no STJD, o jogador alvirrubro pegou quatro jogos de suspensão.

A 28ª rodada foi aberta nessa terça-feira e há um novo integrante no G4 porque o Brasil-RS derrotou o Ceará por 2x1. Este placar também ajudou o CRB porque o time cearense não o ultrapassou. O Galo da praia segue em oitavo lugar, com 40 pontos.

O CRB enfrenta o Bragantino às 16h deste sábado, no Estádio Nabi Abi Chedid. E quem está muito confiante em uma vitória longe de casa é o atacante Zé Carlos, que balançou a rede duas vezes no sábado passado. Ainda sobre o confronto contra o Bahia, ele lembra:

- Sabíamos que era um confronto na briga pela parte de cima da tabela. Começamos mal, ficamos com menos um, mas mesmo assim ainda encontramos forças para tentar a reação. Soubemos superar esse homem a menos e correr por ele. Tive a felicidade de em duas bolas fazer dois gols e ajudar mais uma vez meu time a pontuar. Infelizmente o ideal que era vencer não veio; mas valeu pela reação nos minutos finais de partida.

Zé Carlos destaca que o que houve sábado passado no Estádio Rei Pelé foi fruto da força de vontade, de nunca desistir mas sempre acreditar na reação. "Antes de começar o 2º tempo todo mundo se reuniu no centro do gramado e creio que essa energia também foi responsável para que não saíssemos de campo derrotados. Acredito que daqui pra frente vai ser assim com esse espírito do 2º tempo contra o Bahia e a gente espera seguir nesse campeonato muito difícil, com muitos jogos complicados mas com essa força de vontade para superarmos os obstáculos que ainda vão surgir".

O artilheiro regatiano conclui ressaltando que "o momento é de decisão, de final de temporada. Então, a concentração tem que ser redobrada".

NM com Francisco Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário